SARGENTO DA PM É BALEADO NA ZONA NORTE DE NATAL

Um sargento da Polícia Militar, identificado como Jurandy, foi baleado, no início da tarde desta terça-feira (2), no Pajuçara, na zona Norte de Natal. O militar estava em via pública, em uma bicicleta, quando teria sido atingido por um disparo de arma de fogo na região do abdômen. De acordo com a polícia, o tiro pegou de raspão.


O major Manoel Kennedy, comandante do 4º Batalhão da Polícia Miliar, disse ao Portal BO que o sargento Jurandy ficou em estado de choque, após ser atingido pelo disparo, mas que socorrido e passa bem.

“A gente ainda não sabe exatamente o que aconteceu, porque o policial está muito nervoso e não soube dizer detalhes da ocorrência. O que se tem de informação é que o disparo teria partido de dentro de um veículo Fiat Uno, de cor verde e placas não identificadas”, contou o major Kennedy.

Ainda segundo o oficial, o sargento Jurandy é lotado na 2ª Companhia do 11º Batalhão da Polícia Militar. “Ele é um policial pacato e costumava praticar ciclismo. Então, não temos nenhuma suspeita ainda do que possa ter motivado esse disparo de arma de fogo contra o sargento”.
PORTAL BO

Um comentário:

  1. Prezado Cb Heronides, venho por meio deste fazer umas correções acerca do que realmente aconteceu comigo no início da tarde de ontem, pois sei que você nem ninguém tem culpa mas no calor do momento as pessoas vão passando informações de boca a boca, e é normal que as informações cheguem distorcidas, e para que meus amigos realmente saibam a veracidade dos fatos ninguém melhor do que eu pra relatar aqui como vítima que fui. Comecemos pelo meu nome que é JURANDIR e não JURANDY, mesmo som mas grafia diferente; a tentativa de assalto frustrada contra mim e contra o mercadinho e supostos clientes que estavam na hora não ocorreu no Pajuçara, mas na rua Bela Vista, a qual é rota de acesso ao conjunto Nova Natal, e o mercadinho fica próximo a uma farmácia que não me lembro bem o nome agora, a mesma fica na bifurcação das ruas Bela Vista com Av Cidade Praia; quando sofri o tiro de raspão não estava em cima da bicicleta, pois a mesma estava parada na frente do mencionado estabelecimento, eu estava dentro do mercadinho. Passemos a relatar os fatos: quando vinha do trabalho passei nesse mercadinho onde costumo comprar frutas, e após pagar e me despedir da pessoa que vendeu, chegaram dois meliantes jovens, visualizei que um era moreno claro, que portava uma pistola em punho na altura da cintura e que anunciou em tom de voz baixa que quase eu não escutava: "assalto! Perdeu! Perdeu! Entra! Entra! Dando ordens para que entrássemos nas dependências do mercadinho, e após entrar corredor a dentro procurei me abrigar e ao sacar da arma que portava dentro da pochete para me defender, ouvi um disparo de arma de fogo, e senti que tinha tomado um tiro na região abdominal do lado direito, pois ardia um pouco, e revidei efetuando alguns disparos de minha pistola para me defender, pois eram dois contra mim sem falar que não sei quantos ficaram em um carro que dava apoio aos bandidos e que estava a cerca de uns 50 m, que após voltar do HWG tomei conhecimento através de populares, e que após os disparos de revide os mesmos fugiram, e graças a Deus que enviou o seu anjo e poupou a minha vida, que é o bem mais precioso que o homem tem! Agradeço o apoio de um policial militar que estava à paisana e não gravei o nome, que me ofereceu apoio adentrando ao mercadinho e se identificando verbalmente como tal, pois me encontrava acuado dentro sem saber se ainda tinha bandidos dentro; as guarnições comandadas pelo oficial de serviço do 4º BPM, em especial a vtr comandada pelo Cb PM Alex, conduzida pelo Sd PM Rodrigues e como patrulheiro o Sd PM Mourão, os quais me conduziram ao Hospital de Santa Catarina e logo em seguida ao HWG, agradeço também aos sargentos Basílio e F. Costa, os quais também não mediram esforços para me escoltarem até minha residência onde cheguei, ferido de raspão e ainda um pouco chocado com o acontecido, mas vivo graças a Deus para vos contar a verdade dos fatos dessa ocorrência. Obrigado SENHOR JESUS!

    ResponderExcluir