APÓS PARALISAÇÃO, POLICIAIS CIVIS RETOMAM TRABALHO NESTA SEXTA-FEIRA


A categoria dos policiais civis formada por delegados, agentes e escrivães continua em crise com a administração estadual. Nesta quinta-feira (18) eles fizeram uma paralisação de advertência e suspenderam as atividades das delegacias em todo o Rio Grande do Norte.

Após uma semana de protestos e busca do diálogo com representantes do Governo do Estado, a paralisação prometida foi feita pela categoria. Eles reivindicam reajustes salariais, convocação de novos concursados e melhorias na infraestrutura de trabalho, incluindo a retirada de presos das delegacias.


A crise entre o Governo do Estado e a Polícia Civil não é motivada apenas pela pauta listada, mas também pela luta por melhorias no orçamento da pasta da segurança pública e pedidos contra a mudança de local dos prédios públicos.

O grito de revolta contra a doação do terreno dos prédios públicos onde estão a Delegacia Geral da Polícia Civil (Degepol) e a Academia de Polícia Civil (Acadepol) havia sido dado no início da semana, após publicação do decreto no Diário Oficial do Estado na semana passada.

Durante a paralisação, apenas as delegacias de plantão fizeram atendimentos. Nesta sexta-feira, 19, os policiais civis devem voltar ao trabalho em horário normal.
NOMINUTO.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário