SUSPEITO DE ARRASTÃO E AGRESSÃO CONTRA MULHER DE PM É PRESO

Policiais militares do 9º Batalhão conseguiram prender, na tarde desta quinta-feira (13), o jovem Wiliam Anden Santos de Souza, de 18 anos. Ele era considerado foragido por ter um mandado de prisão em aberto. Macaquinho, como é mais conhecido, é suspeito de ter feito arrastão em casa de um policial e ainda agredido a esposa do militar.

Esse crime aconteceu em abril e, pouco tempo depois do arrastão, Wiliam Anden chegou a ser detido, juntamente com um comparsa identificado como Ítalo Santos de Araújo, de 19 anos. Os dois, porém, foram soltos por falta do flagrante.


Vinte dias depois de serem detidos e soltos, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte expediu mandados de prisão contra os dois. Desde então, eles vinham sendo procurados. Na tarde desta quinta-feira, Wiliam Anden foi localizado na rua pai celestial, no bairro de Felipe Camarão.

Macaquinho, ainda de acordo com a polícia, era o mais violento da quadrilha que entrou na casa do soldado J. Martins, no Planalto. Ele, inclusive, teria rasgado a farda do militar e ainda zombando da Polícia Militar diante da esposa do policial, que não estava na residência no momento do crime.

O comparsa de Macaquinho, Ítalo Santos, continua foragido e com mandado de prisão em aberto. Quem tiver alguma informação sobre ele pode ligara para o Disque Denúncia da Secretaria de Segurança Pública, através do telefone 181.
PORTAL NO AR

Um comentário:

  1. NÃO VAI FICAR MUITO TEMPO NA CADEIA. A JUSTIÇA NÃO FUNCIONA, INFELIZMENTE. JÁ DEVE ESTÁ CHEIO DE ADVOGADOS DE PORTA DE CADEIA TENTANDO SOLTAR " OS BANDIDINHOS BONZINHOS, TERROZINHOS" É POR CAUSA DESSA JUSTIÇA OMISSA QUE ESSE BANDIDO DÁ ENTREVISTAS NA TV, FALANDO; "DAQUI A POUCO ESTOU SOLTO DE NOVO" SABE QUE A IMPUNIDADE IMPERA. E O PIOR É QUE VAI MESMO VOLTAR A PRATICAR MAIS CRIMES. SÓ TEM UMA CELA QUE ELE NUNCA MAIS SAIRÁ. CELA-COVA, AÍ EU QUERO VER ESSE TROÇO SAIR.

    ResponderExcluir