SESED E PM NEGAM CRISE E REAFIRMAM ATUAÇÃO CONJUNTA

Apesar das reforçadas afirmações tanto por parte da Sesed, quanto pelos representantes do Ministério da Justiça, quanto à necessidade da integração dos órgão de segurança pública, a Polícia Civil realizou na sexta-feira passada uma ação na cidade de Macaíba, na Grande Natal, sem auxílio da PM, mesmo sendo o policiamento ostensivo uma especialidade da corporação.

Questionado sobre isso, o delegado geral, Fábio Rogério, afirmou que a ação ainda segue e há uma investigação que não poderia ser detalhada em curso. “Por isso prefiro não falar nada relativo à operação”, explicou. Mas Rogério negou qualquer dificuldade de diálogo com a Polícia Militar.

O comandante da PM, coronel Francisco Araújo, confirmou a informação repassada pelo delegado geral. “Quanto mais policiamento na rua, melhor para combater a criminalidade”, declarou o coronel.

Para Araújo, não há qualquer barreira a ser transposta pelas duas corporações no que diz respeito ao relacionamento entre elas para a realização de incursões conjuntas, como almeja a Secretaria de Segurança e Defesa Social. O titular da pasta, Aldair da Rocha, concorda com o delegado e com o coronel. “As polícias já agem em conjunto”, disse.

A Operação Saturação teve a participação de 120 policiais civis em 30 viaturas. Segundo o delegado-geral Fábio Rogério, o balanço da operação foi positivo. “Conseguimos alcançar o objetivo, que era combater a criminalidade e proporcionar a sensação de segurança ao cidadão”, disse ele. A Polícia Militar não chegou a ser informada da ação.
TRIBUNA DO NORTE

7 comentários:

  1. brincadeira essa policia civil, reclama quando outros fazem o trabalho investigativo, mas querem fazer o trabalho ostensivo.
    quer aparecer faz teu trabalho bem feito.

    ResponderExcluir
  2. ESSA "OPERAÇÃO SATURAÇÃO" VAI DURAR QUANTAS HORAS MESMO????????????????????????????? E É SÓ EM PARNAMIRIM, SÃO GONÇALO E MACAÍBA?????????????? E O RESTO DE NATAL??????????????? ACABAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  3. KKKKK. EU ERA MENINO NA POLÍCIA QUANDO ESSE POVO FALAVA EM UNIÃO DA PC E DA PM. KKKKKKK.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se preocupe, seus filho, netos, bisnetos, tataranetos e toda a sua descendência também vai ouvir falar disso. Se Jesus não voltar antes!

      Excluir
  4. O desespero tomou conta, policia militar desviada pra fazer serviço de investigações e agora mais um absurdo que é cometida pela SESED, policiais civil fazendo o trabalho de policiamento ostensivo. Muito bem! vamos ao que estar ocorrendo na verdade com estes gestores da segurança pública do RN. A cúpula da SESED, não tem um plano gestor que combata o indice de criminalidade que vem aumentando de forma absurda, o maior dos problemas é que não estão buscando a solução que possa realmente coibir de vez com a criminalidade, ficam fazendo formas paliativas que não surtem efeitos no combate a criminalidade. O que SESED deve fazer é equipar os policia judiciaria com infra-estrutura e equipar para que desempenhem melhor suas atribuições que é a parte investigativa, o mesmo deve ser feito com a policia militar que a este sim é inerente o policiamento ostensivo, vemos que policia civil não estar conseguindo desvendar os crimes que vem tomando conta do estado e agora quer fazer o serviço dos outros, se cada uma das policias fizerem a sua parte teremos um índice de violência bem a baixo do que vem ocorrendo. outro fato é que estes que gerenciam a SESED, quando se reúnem consulta seus delegados que na verdade não sabem de nada com relação a segurança pública pois estes não saem das suas salas se não pra atender quando solicitado pra fazer o levantamento de corpo encontrado que diga se muito mal feito. Assim como fez o SINPOL, que entrou na justiça pois policiais militares estariam fazendo trabalho investigativo e diga-se que com toda razão, devem s associações da PM entrar com o mesmo recurso pois como disse o dirigente do sindicato da policia civil que "POLICIA MILITAR NÃO DEVE SER COMPARADA A POLICIA CIVIL" deixando a entender que eles são melhores que os PM, agora devesse deixar bem claro que os DPC e APC não são competente pra fazer seu trabalho e quer fazer o dos outros. SR, coronel ARAUJO isso mostra sua incompetência junto a este comando em gerenciamento de policiamento ostensivo.

    ResponderExcluir
  5. A POLÍCIA CIVIL NUNCA TRABALHOU EM CONJUNTO COM A POLÍCIA MILITAR!!! ISSO É SÓ CONVERSA PRA ENGANAR OS BESTAS!!!

    ResponderExcluir