QUATRO PESSOAS SÃO EXECUTADAS EM MACAÍBA

Quatro pessoas foram assassinadas, em um intervalo de apenas uma hora, na cidade de Macaíba, região Metropolitana de Natal. Os crimes apresentam características de execução e foram praticados por uma dupla armada de pistola e em uma motocicleta. Segundo a polícia, as vítima não tiveram chance de escapar e morreram todas no local onde foram baleadas.

As primeiras execuções aconteceram às 23h, em um duplo homicídio na rua São Geraldo, no bairro São José. As pessoas baleadas e mortas foram identificadas como sendo Alvilson Gomes de Lima, de 20 anos, e Daniel Marques da Silva, de 16 anos. Os rapazes estavam conversando na frente de uma residência quando foram surpreendidos por dois homens que chegaram em uma motocicleta de cor preta já atirando.

De acordo com o sargento Luiz, um dos criminosos ainda chegou a descer do veículo e perseguir uma das vítimas até o interior da casa e efetuado mais disparos em direção a Daniel Marques. "Eles pareciam dispostos a matar a qualquer custo, por que ainda correram para dentro da casa afim de exterminar o adolescente", disse. A outra vítima foi baleada e morta primeiro.

A mãe do jovem identificado como Alvilson esteve no local do crime e inconformada disse que o filho era trabalhador e nunca se envolveu com o mundo de crimes para merecer uma morte assim. "Se ele fosse um bandido eu estaria conformada com o que estou vendo, mas meu filho era um jovem de bem e nunca se meteu com coisas erradas", relatou.

Uma hora depois, a polícia registrou o segundo duplo assassinato, desta vez, no Centro da cidade de Macaíba. O alvo dos criminosos foi um casal morador de rua que dormia embaixo de uma marquise. A reportagem do Portal BO conversou com o tenente Walcácio e foi informada que as vítima foram mortas também por uma dupla de motoqueiros que já chegaram atirando em direção ao casal.
"Nós chegamos ao local e encontramos um cenário de morte. Constatamos o fato e imediatamente oficializamos a informação ao Centro Integrado em Operações de Segurança Pública [Ciosp]. Ainda não temos as identificações das vítimas, mas aparentemente são moradoras de rua".
Apesar das mortes terem ocorrido em um curto intervalo de tempo e com as mesmas características, a polícia acredita que ainda é cedo para associar um fato a outro. Durante toda a noite várias equipes da Polícia Militar realizaram diligências, mas nenhum suspeito fora identificado ou preso.
PORTAL BO

Um comentário:

  1. CADÉ A FORÇA TAREFA DE DRa SHEILA, QUE NAO VE ESSE DERRAMAMENTO DE SANGUE, E EM PARNAMIRIM , MACAIBA, ZONA NORTE, EM TODO LUGAR, ATENÇAÓ SE ESCONDAM POLICIAIS MILITARES, SE NAO VAO ACUSALOS QUE TEM UM GRUPO DE EXTERMINIO E E PMs, PQ E FACIL ELES GANHAREM NOMES ACUSANDO INOCENTES, SO QUE A SOCIEDADE NAO ACREDITA MAIS NESSES MENTIROSOS, PQ QUANDO EU VOU AS RUAS TRABALHAR EU CONVERSO SOBRE ESSE MENTIROSOS QUE NAO PODE VER HOLOFOTES QUE QUEREM MENTIR.

    ResponderExcluir