DESPREPARO NA SEGURANÇA PÚBLICA DO RN

O aumento da criminalidade no Rio Grande do Norte está expondo à falta de preparo das instituições que deveriam oferecer Segurança Pública a sociedade.

A Polícia Militar intensificou o patrulhamento na região metropolitana, fazendo com a sua presença seja percebida, mas mesmo assim os crimes continuam a ocorrer. Pois falta permanência da Polícia Militar nas áreas que estão sendo patrulhadas

A Polícia Civil resolveu vir às ruas, não para investigar, mas para realizar o papel da Polícia Militar, policiamento ostensivo e realizações de abordagens.

Os delegados decidiram solicitar a justiça à prisão domiciliar dos presos em fragrante. Devido à falta de estrutura nas delegacias e centro de detenção provisória.

Para finalizar o caos, a justiça concedeu a liberdade a 640 presos.

Particularmente, percebo que todas as decisões tomadas pelas instituições e pessoas do alto escalão da segurança pública, são decisões individuais, decisões sem objetivos, decisões que prejudicam a decisão de outras instituições, decisões que não irá ter resultado algum.

3 comentários:

  1. Pois é Cb Heronides. Acho que você está com razão quando diz que as decisões têm sido individuais. Basta ver os noticiários para perceber isso. No dia 03/05/2013, a reportagem do Jornal Tribuna do Norte “Homicídios: média diária cresce 50%” o Delegado Geral Fábio Rogério, disse que reuniu, os delegados dos municípios que compõem a RMN, e num encontro, realizado às portas fechadas, definiu as estratégias norteadoras dos próximos dias. “O que definimos aqui foi a criação de um pacto pela segurança pública. Sabemos das dificuldades, mas temos que enfrentar essa situação”, asseverou. Então eu fiz o seguinte comentário (que até agora não vi publicado): Na verdade, o que o Delegado Geral está querendo com a implementação do pacto pela segurança pública é imitar, provavelmente, um programa que ocorre no Estado do Pernambuco. Mas lá isso é chamado de Pacto pela Vida, porque tem uma filosofia que não envolve somente um segmento (polícia civil) e sim, vários, fato que poderá impactar negativamente nos resultados que o delegado almeja alcançar. Com o Pacto pela Vida, no PE, está sendo possível diminuir os índices de criminalidade, bem como outros tipos de problemas que terminam na insegurança. "O Pacto pela Vida é uma política pública de segurança, transversal e integrada, construída de forma pactuada com a sociedade, em articulação permanente com o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Assembléia Legislativa, os municípios e a União. O Pacto deixa para trás o tempo de ações desarticuladas, destinadas à resolução de problemas pontuais, e inaugura um novo tempo no combate à criminalidade. Para dar vida ao Pacto, o estado foi dividido em 26 Áreas Integradas de Segurança, um sistema de georeferenciamento dos crimes foi implementado, investimentos em Segurança Pública receberam aumento de 86,6% e o efetivo policial cresceu 45%, dentre outras ações. Com tais iniciativas foi possível reduzir, em quatro anos de Pacto Pela Vida, o índice de assassinatos de 25,8% para 35,4% na nossa capital". Fonte: http://www.pe.gov.br/programas/pacto-pela-vida/

    ResponderExcluir
  2. CONCORDO PLENAMENTE COM O COMENTÁRIO ACIMA, A DIFERENÇA SÓ É O GOVERNO DO ESTADO DAQUI COM O DE PE. O GOVERNO DAQUI, SÓ SABE DÁ ENTREVISTAS DIZENDO QUE ESTÁ "SENSIBILIZADA", GASTAR 222 MIL COM FLORES, 28 MILHÕES COM PROPAGANDAS, DIÁRIAS ETC... ENQUANTO EM PE O GOVERNO E AUTORIDADES ESTÃO INTEGRADAS, JUNTAMENTE COM A POPULAÇÃO E INVESTE NA SEGURANÇA. ENQUANTO NÃO HOUVER INTERESSE POR PARTE DO PODER PÚBLICO, NADA VAI ADIANTAR. OPERAÇÕES METRÓPOLE INSEGURA, FORÇA ATAREFADA ETC.... NÃO VAI FUNCIONAR, DE QUE ADIANTA TANTAS OPERAÇÕES, SE O ESTADO NÃO TEM VIATURAS SUFICIENTES, EFETIVO, DELEGACIAS ABARROTADAS DE PRESOS, CEDUCs FECHADOS UM VERDADEIRO CAOS. INFELIZMENTE O PODER PÚBLICO DAQUI É OMISSO, INERTE E INOPERANTE. ENQUANTO ESSE POVO DA SEGURANÇA DÁ ENTREVISTAS, EU FINJO QUE ACREDITO.... COMO ACREDITO EM PAPAI NOEL, MULA-SEM-CABEÇA...........

    ResponderExcluir
  3. INVENTARAM UMA OPERAÇAO SO PARA MOSTRAR A POPULAÇAO, MAIS NOIS SABEMOS QUE E SO MENTIRAS, NAO PRENDEM NINGUEM, PRIMEIRO COMO NAO CHAMARAM A PMRN, PORQUE QUEM CONHECE AONDE TÁ O CRIME E MAIS APOLICIA MILITAR, PORQUE ASSUMEM O SERVIÇO E VAI AS RUAS, EMQUANTO A PILICIA CIVIL E MAIS DENTRO DE DELEGACIAS, AI CHAMA UM MONTE DE VIATURAS DA PC, MUITOS DELES NAO SABEM NEN PARA ONDE VAI CERTOS BAIRROS, PORQUE SE VC NAO CONHECER A AREA JAMAIS VC PRENDE NINGUEM, PELO MEN0S OS QUE EU TRABALHO NAO ADIANTA INVENTAR MUGANGAS,PORQUE TEM QUE TA LÁ, TODOS OS SERVIÇOS, AI VC SABE PARA ONDE O CRIME MIGRAM, FIZERAM VARIAS ABORDAGEM COM AQUELAS MUGANGAS MUITAS VTRs NAO PRENDERAM NINGUEM, MAIS QUANDO ELES SAIRAM DA AREA QUE NAO CONHECEM, EU JUNTO COM MAIS DOIS EM UMA VTR SANDERO SEM NENHUN APARATO PODEROSO, PERSEGUI UM BANDIDO EM UMA MOTO, QUE DETEMOS EM SEGUIDA, QUANDO CONDUZIMOS PARA A DP, A MOTO FOI TOMADA DE ASSALTO, UMA HORA ANTES DA MUGANGA, E A VITIMA RECONHECEU O ASSALTANTE NA DP A GRADECEU BASTANTE PQ AINDA TAVA PAGANDO, POR ISSO, SE FOR FAZER UMA OPERAÇAO NAO ADIANTA QUERER APARECER, TEM QUE CHAMAR QUEM CONHECE AREA, PQ TODA AREA E DIFERENTE UMA DA OUTRA, SO PRENDE SE CONHECER VIELAS E BECOS, AONDE A CRIMINALIDADE MIGRAM E FICAM MAIS FACIL DA BANDIDAGEM SE ESCONDER.

    ResponderExcluir