SOLDADO DA PM É PRESO SUSPEITO DE APLICAR GOLPES EM COLEGAS

Soldado foi levado para Plantão Zona Norte, onde dezenas de vítimas estavam.

Um soldado da Polícia Militar lotado no 4º Batalhão da PM foi preso, na noite desta quarta-feira (3), acusado de estelionato. O policial é suspeito de aplicar golpes em outros PMs alegando que tinha carros para vender, mas que precisava de pagamentos adiantados para garantir os veículos. De acordo com o Comando Geral da Polícia Militar, aproximadamente 50 pessoas caíram no golpe, sendo a maioria policiais militares. Dezenas de pessoas foram até a Delegacia de Plantão da Zona Norte, na noite desta quarta-feira, para registrar queixa contra o policial, que foi identificado preliminarmente como soldado Kleberson. Quando foi preso, o suspeito estava com R$ 9 mil. Ele foi detido porque nesta quarta-feira era o dia marcado para a entrega dos veículos às pessoas que já haviam pagado ao soldado, porém, ele não apareceu para fazer as entregas, o que fez com que as vítimas desconfiassem. Como muitas das vítimas eram policiais, eles mesmos saíram em diligências e conseguiram prender o suspeito. O soldado teria enganado os colegas afirmando que estava refinanciando carros aprendidos e que seriam leiloados. Para isso, no entanto, ele precisava de um adiantamento. Algumas pessoas repassaram dinheiro para o suspeito, com valores variados, inclusive, teve vítima que pagou R$ 25 mil. O comandante geral da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, informou ao Portal BO que o policial foi autuado por estelionato e ficará preso para responder ao processo. Além da esfera criminal comum, ele também será submetido a inquérito militar e poderá ter punições do próprio Comando, como, por exemplo, a expulsão da corporação.
PORTAL BO

Um comentário:

  1. É onde surge o golpe, sempre onde as coisas parecem muito fácil. As pessoas tem que abrir os olhos e ver que quando a vantagem é grande, quase sempre tem algo errado por trás. Infelizmente esse aí conseguiu enganar muitos. O incrível é que essa pessoa tem muita coragem: enganar pessoas do próprio trabalho!

    ResponderExcluir