SESED CUMPRE DETERMINAÇÃO JUDICIAL E SUSPENDE FORÇA-TAREFA NO RN


O secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Aldair da Rocha, anunciou a suspensão da força-tarefa em entrevista coletiva nesta quinta-feira (25), em Natal. Segundo o secretário, o Governo do Rio Grande do Norte está cumprindo uma determinação judicial. Na ocasião, o secretário esclareceu que a Polícia Militar não estava investigando crimes de homicídio, mas dando apoio na segurança das ações executadas.

O secretário comunicou que já recorreu à Procuradoria Geral do Estado, na tentativa de continuar a investigação.

A decisão de anular o trabalho da força-tarefa foi decretada pelo desembargador Vivaldo Pinheiro, que acatou os argumentos apresentados no mandado de segurança solicitado pelo Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Estado (Sinpol/RN), indicando a possibilidade dos policiais do Bope exercerem funções investigativas.

“O que o Sindicato dos policiais civis está argumentado são inverdades. A Polícia Militar atua para ajudar no cumprimento de mandados de prisão e reforçar a segurança das equipes em áreas de risco”, explicou Aldair.

O Secretário desmentiu as alegações do Sinpol-RN e destacou que cada instituição cumpre o seu devido papel na força-tarefa. “Nós sempre preservamos a autonomia das instituições, cada uma cumpre suas atribuições, portanto, essa acusação do Sinpol é inverídica. Eu jamais determinaria, assim como o delegado geral nunca autorizaria, que qualquer tipo de investigação fosse feita pela Polícia Militar”, destacou.

Aldair da Rocha afirmou ainda que irá cumprir a medida judicial, mas entrará com uma liminar junto à Procuradoria Geral do Estado (PGE), para que esse posicionamento do desembargador possa ser revisto. Ele aproveitou a ocasião para perguntar à coordenadora da Força Tarefa, delegada Sheila Freitas, e ao comandante do Bope, tenente-coronel Marcos Vinícius, se a Polícia Militar alguma vez realizou algum tipo de investigação, o que foi negado por ambos.

A delegada Sheila Freitas reforçou a posição do secretário Aldair da Rocha, reafirmando que nunca o Bope participou das investigações feitas pela Força Tarefa e que a função do Bope é dar segurança e proteção nas prisões realizadas.

“É com muita tristeza que recebemos essa ação do Sinpol, que não revela a opinião da maioria dos policiais civis e causa um grande prejuízo às investigações”, disse.

Para a delegada, o Sinpol agiu de forma “errônea” e “irresponsável”. Ela acredita que a suspensão da atividade vai aumentar a insegurança da população potiguar.

“Essa medida vai por em risco a população que vai ficar a mercê de bandidos de alta periculosidade como também põe em risco até a vida dos policiais que trabalham na Força Tarefa”, avaliou Sheila Freitas, destacando que houve uma significativa redução do número de homicídios desde o início da atuação do trabalho.

Força-tarefa
A força-tarefa foi instituída segundo portaria nº 069/2013, publicada em março deste ano pela Sesed com o objetivo de investigar crimes de homicídio e com características de execução, no prazo de 90 dias. A medida também visava diminuir a criminalidade, bem como a sobrecarga de trabalho da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom), até que seja implantada a Divisão Especializada em Investigação aos Crimes de Homicídios. Integravam a Força Tarefa equipes do Bope, Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) Centro de Inteligência da Sesed e do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

2 comentários:

  1. 05 HOMICÍDIOS, EM NATAL E GRANDE NATAL, CASA DE CAPITÃO DA POLÍCIA MILITAR METRALHADA NO PARQUE DOS COQUEIROS Z. NORTE DE NATAL. O QUE ESSA "FORÇA ATAREFADA" ESTÁ FAZENDOOOOOOOOOOOOOOOOO? É SÓ PARA PRENDER POLICIAL? OU OS PMS PRESOS SÃO MÁGICOS, SAÍRAM DO PRESÍDIO E COMETERAM ESSES ASSASSINATOS? RESPONDAM DR. ALDAIR DA ROCHA, CEL. ARAÚJO,
    DRª SHEILA, QUEREMOS SABER O QUE O CEL. ARAÚJO VAI FALAR EM RELAÇÃO DO ATENTADO NA CASA DO CAPITÃO SILVA, QUE TEVE SEU CARRO CRIVADO DE BALAS? FATO ISOLADO? NÃO QUER AMEDRONTAR A TROPA? QUER PASSAR A IMPRESSÃO QUE BANDIDOS TEMEM A POLÍCIA? O QUE ME DIZ POVO DA (IN) SEGURANÇA?????????????????

    ResponderExcluir
  2. Essa força tarefa e importante,desde que seja transparente mostra as prisoes de dois cobaias p ganhar nomes era para prender aquelas falcatruas que foi estanpados na tribunado do norte por um jornalista mostrando algumas autoridades emvolvidas e que estao trabalhando como nada aconteceu, isso e uma vergonha.

    ResponderExcluir