SECRETÁRIO DE SEGURANÇA CRITICA MP E APOIA A PEC 37


A polícia reuniu representantes na manhã desta segunda-feira, 15, na Assembleia Legislativa para se contrapor à mobilização do Ministério Público. As categorias têm mostrado posicionamentos divergentes sobre a PEC 37. Dentre os discursos de hoje a favor da proposta se destaca o do secretário de segurança, Aldair da Rocha. Para mostrar a importância de que a polícia judiciária - Civil ou Federal - atue com exclusividade em investigações, Aldair despejou críticas ao trabalho realizado pelo Ministério Público. 
"Fazer escuta telefônica e pedir mandados de busca é muito simples, mas investigação de verdade vai além disso. É ir buscar as provas nas ruas". 
"Sem a base da rua, não se pode falar que está investigando. Desconheço qualquer investigação do Ministério Público". 
"Se eles dizem que investigam, deixo aqui o convite: tenho mais de mil inquéritos de homicídio para dar andamento e aceito ajuda. Não sei se algum promotor vai aparecer".  
"Eles investigam o que querem, buscando algum resultado".
NOVO JORNAL 

“As declarações do secretário demonstram total desconhecimento do assunto e interesse pessoal dos delegados em atuarem de qualquer maneira, sem qualquer fiscalização e sem limite de poder. Apoiar a PEC 37 é apoiar a corrupção e a impunidade, e isso eu sou totalmente contra”. 
HERONIDES MANGABEIRA

7 comentários:

  1. SE EXISTEM MIL INQUÉRITOS PORQUE A POLÍCIA CIVIL AINDA NÃO RESOLVEU??????????????ISSO NÃO FAZ PARTE DO MP, FAZ PARTE DA PC.AFINAL DE CONTAS PARA QUE EXISTE A POLÍCIA CIVIL? QUEM FAZ PRISÕES É A MILITAR, QUE É OSTENSIVA E PREVENTIVA, DESDE QUANDO POLICIAIS CIVIS SAEM DE SUAS DELEGACIAS PARA INVESTIGAR, PRENDER, ANDAR NAS RUAS VER DE PERTO O QUE A POPULAÇÃO PASSA. MUITOS ESTÃO A DISPOSIÇÃO EM ALGUMA SECRETARIA, OUTROS SENTADOS VENDO TV NAS DELEGACIAS E MUITOS ATENDENDO MAL A POPULAÇÃO. OUTROS SE ACHAM ACIMA DO BEM E DO MAL, QUERO DEIXAR CLARO QUE EXISTEM AGENTES, ESCRIVÃO E DELEGADOS QUE TRABALHAM MESMO, SÃO EDUCADOS, MAS SÃO POUCOS COMPROMETIDOS COM A POPULAÇÃO. SOU CONTRA A PEC 37 O MP TEM MAIS É QUE INVESTIGAR OS CRIMES DE COLARINHO BRANCO, E COLOCAR TODO MUNDO NA CADEIA. QUANTO AO SENHOR SECRETÁRIO DE SEGURANÇA DEVERIA TRABALHAR MAIS, IR NAS DELEGACIAS E VER O CAOS INSTALADO EM TODAS ELAS. PARAR, DE REUNIR A IMPRENSA JUNTAMENTE COM O CEL. ARAÚJO E FALAR EM "OPERAÇÕES" QUE NÃO DÃO EM NADA. A "OPERAÇÃO METRÓPOLE (IN)SEGURA" FOI SÓ UM DIA.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Coerente e responsavel nosso estimavel Aldair , inverstigação é pra quem sabe e sai as ruas , não para quem fica no bafo tomando cafezinho .

    ResponderExcluir
  5. KKKKKKK COERENTE COM MIL INQUÉRITOS????? DESDE QUANDO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA VAI PARA AS RUAS PRENDER ALGUÉM? SE ALGUÉM JÁ VIU RESPONDAM................

    ResponderExcluir
  6. TAMBÉM QUERO SABER QUANDO FOI QUE O NOBRE SECRETÁRIO PRENDEU DEPUTADOS, QUEM TRABALHA NO TJRN, FILHO DE GOVERNADORA, PROCURADORES DO ESTADO, BASTA VER TODAS AS OPERAÇÕES QUE JÁ HOUVE EM NATAL, E NEM UMA DELAS FIGURA O SECRETÁRIO DE SEGURANÇA, FAZENDO ESSAS PRISÕES. BASTA VER AS OPERAÇÕES : SINAL VERMELHO, IMPACTO, HYGIA, FOLIADUTO E TANTAS OUTRAS QUEM FEZ???????????? MP QUE SOLICITA APOIO DA PM E CIVIL.

    ResponderExcluir
  7. Sou totalmente a favor do ministério público, contra a PEC 37. O problema é que as autoridades e a elite rica da sociedade estão sendo investigada e punidas, por isso estão contra o ministério público....digo ao ministério público, estamos pronto para nos unirmos institucionalmente contra esse abuso de poder, parlamentar tem que trabalha e aprovar projetos de cunho coletivo, não esse tipo de cebouseira.

    ResponderExcluir