PM RETIRA COMPANHIA DE CIDADE SATÉLITE E POPULAÇÃO REAGE

A Associação de Moradores da Cidade Satélite (Amocisa), realiza nesta quarta-feira, 24, reunião para tratar da retirada do efetivo e das viaturas da Polícia Militar que ficavam lotadas na 2ª Companhia do 5º Batalhão, localizada na rua das Nogueiras, 7820, em um prédio anexo à sede da Associação. A reunião dos moradores contará com a participação do major PM Rodrigues Barreto, comandante do 5º Batalhão, além de presidentes das entidades comunitárias do bairro. Vereadores e deputados estaduais foram convidados a participar do encontro.

Segundo o presidente da Amocisa, Anízio Lúcio Barbosa Neto, a população do bairro Pitimbu está indignada com a medida, pois no local ficava sediado um contingente de 84 policiais militares, que se dividiam, em regime de escala, em três viaturas, sendo uma destinada às rondas no Pitimbu, outra para Candelária/San Vale/Parque das Colinas e a terceira para Cidade Verde. O prédio agora serve apenas como base de apoio para as atividades dos PMs na comunidade.

As viaturas e os policias militares agora estão lotados na sede do 5º Batalhão da Polícia Militar, localizado no conjunto Pirangi. A idéia partiu do comandante do 5º Batalhão, major Rodrigues Barreto. Segundo ele, o objetivo é concentrar toda essa estrutura na sede do Batalhão, em Pirangi, pois dessa forma ele teria como melhor comandar toda essa estrutura, no lugar de ficar na 2ª Companhia da Cidade Satélite.

Os moradores de Cidade Satélite e Pitimbu são contrários à mudança feita pelo oficial da PM e por isso uma reunião da Amocisa foi convocada para discutir o assunto. A mudança foi tema de pronunciamento, na manhã de hoje (23) do deputado Kelps Lima (PR) no plenário da Assembleia Legislativa.
JORNAL DE FATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário