LEI DE PROMOÇÃO: ENTIDADES PROMOVEM ASSEMBLÉIA GERAL EM MOSSORÓ


Aconteceu na manhã desta sexta (26/04) em Mossoró a III Assembléia Geral Unificada envolvendo praças e entidades representativas da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros que, além de realizarem esclarecimentos, debateram idéias e explicaram acerca do trâmite da proposta que versa sobre a Lei de Promoção de Praças e que atualmente encontra-se na Coordenadoria de Pagamento da Secretaria de Administração (COPAG). O evento transcorreu no auditório da Biblioteca Municipal contando com a presença de dezenas de militares além dos representantes de todas as associações de praças militares do Rio Grande do Norte. Durante o ato cada diretor fez uso da palavra dando ênfase ao clima de união entre às entidades e mostrando a importância do engajamento da tropa na busca deste objetivo. "É necessário que cada militar abrace a causa e esteja disposto a participar desta conquista que lhe garantirá um caminho de ascensão dentro da instituição", afimou o Soldado Tony, presidente da APRAM.

Apoios
Um importante aliado que conhece a luta e que também esteve presente à assembléia foi o Vereador Soldado Jadson (PT do B). O edil mossoroense reafirmou seu compromisso com as causas dos militares e disse estar pronto para contribuir pela concretização da Lei de Promoção de Praças. "Sabemos da falta de reconhecimento dispensada aos cabos e soldados que compõem a base das corporações militares onde esperamos que o executivo estadual compreenda que uma segurança de qualidade passa primeiro pela valorização de seus profissionais os quais hoje encontram-se desestimulados", afirmou o parlamentar. Outro apoio anunciado no decorrer do encontro foi a do Deputado Estadual Gilson Moura (PV) que, através de um telefonema, confirmou a realização de uma Audiência Pública para tratar da proposta a qual será realizada dia 16 de Maio na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Próximas Assembléias
Ao fim do encontro, dando continuidade ao processo de mobilização pelo interior, os representantes definiram e agendaram local e data das próximas assembléias unificadas que ocorrerão dias 09 e 10 de Maio em Pau dos Ferros e Caicó respectivamente. "Espero a participação do efetivo de todas as regiões do estado pois a aprovação desta lei será considerado um marco histórico e significará um futuro melhor para todos os integrantes da instituição", afirmou o Sargento Eliabe, da Associação de Sargentos e Subtenentes.
APRAM

7 comentários:

  1. Que estas assembleias nao sejam de mês em mês e que os atos sejam concretos, que os trabalhos sejam continuos e que os interesses da corporação estejam acima dos interesses politicos do contrario a corporação vai perceber e nao vai sair nem lei de promoçoes nem candidatos eleitos !
    Que se forçe o governo pq com certeza nao esta nem ai e vai continuar inerte, se a lei de promoçoes esta na Coordenadoria de Pagamento da Secretaria de Administração (COPAG), com certeza está engavetada e lá continuará até que se precione e essa é a realidade.

    ResponderExcluir
  2. Espero que as associações não aceitem essa proposta se houver mesmo a intenção de retirar da proposta a parte de promoção "Ex-officio," seria o maior retrocesso em qualquer lei e tambem a garantia de incompetência das associações...

    ResponderExcluir
  3. Seria interessante que todos comparecessem nas reuniões lá poderia tirar todas as dúvidas

    ResponderExcluir
  4. PELO MENOS JA ESTA VENDO MUITO DISTANTE UMA LUZ NO FIM DO TUNEL E ASSIM QUE SE CONQUISTA ALGUMA COISA LUTANDO E DIFICIL MAIS NAO E IMPOSIVEL, E LUTANDO QUE SE CONSEGUI, BASTA ACREDITAR E PARTICIPAR, E PARAR DE FALAR DE MAIS UM DO OUTRO QUE NAO VAMOS A LUGAR ALGUM,POR ISSO QUE OUTRAS CATEGORIAS GANHAO,POR LUTAO POR SEUS DIREITOS E SAO UNIDOS.

    ResponderExcluir
  5. Ora, se nós seguimos o regulamento do exército, não era pra nós já estarmos com todos os direitos garantidos, mas nós só temos deveres, pq lá as coisas funcionam tanto pra promoção quanto pra punição, só com ressalvas, Militar d carreira só a partir d Sgt, agent entra passa o tempo e nada, mas vamos torcer pra q as coisas mudem....

    ResponderExcluir
  6. Ora, se nós seguimos o regulamento do exército, não era pra nós já estarmos com todos os direitos garantidos, mas nós só temos deveres, pq lá as coisas funcionam tanto pra promoção quanto pra punição, só com ressalvas, Militar d carreira só a partir d Sgt, agent entra passa o tempo e nada, mas vamos torcer pra q as coisas mudem....

    ResponderExcluir
  7. Ora, se nós seguimos o regulamento do exército, não era pra nós já estarmos com todos os direitos garantidos, mas nós só temos deveres, pq lá as coisas funcionam tanto pra promoção quanto pra punição, só com ressalvas, Militar d carreira só a partir d Sgt, agent entra passa o tempo e nada, mas vamos torcer pra q as coisas mudem....

    ResponderExcluir