DELEGACIA COM PRESOS MAS SEM POLICIAIS É INTERDITADA PELA JUSTIÇA NO INTERIOR DO RN

Depois de interditar o presídio de Currais Novos, para que melhorias fossem implementadas na estrutura física, o juiz Marcus Vinícius Pereira, titular da comarca de Currais Novos, teve que realizar a interdição da delegacia do município de Cruzeta e determinar a transferência dos presos. A medida foi tomada, segundo o magistrado, após uma inspeção judicial, que constatou o que ele definiu como “abandono do distrito policial”.

“Compareci na Delegacia de Polícia, para realizar a inspeção, tendo encontrado o prédio fechado”, ressalta o juiz, que também responde pela comarca de Cruzeta. Segundo o magistrado, ele bateu na porta da Delegacia por vários minutos, mas não havia nenhum agente ou delegado no local. Apenas quatro presos que estavam custodiados responderam ao chamado, realidade que deixou claro para o juiz Marcus Vinícius que o estabelecimento prisional estava abandonado.

“Ou seja, não existiam policiais civis, militares ou mesmo agentes penitenciários, ficando evidente a impossibilidade de custódia de presos no local”, destaca, ao enfatizar que o local não poderá receber mais presos, provisórios ou condenados.
TJRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário