CAPELÃO DO 6º BPM IMPEDE ESTUDANTES DE REALIZAR MANIFESTAÇÃO PACÍFICA CONTRA FALTA DE PROFESSORES NA EECCAM

Alunos da escola EECAM nos procurou para que publicássemos a seguinte matéria. Capelão do 6º BPM impede estudantes de realizar manifestação pacífica contra falta de professores na EECCAM. Em meio à assinatura da ordem de serviço paras obras em Caicó, no plenário da Câmara Municipal alguns alunos da Escola Estadual Calpúrnia Caldas de Amorim, um dos mais tradicionais colégios da cidade, tentavam chamar a atenção da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), para alguns problemas que prejudicam o funcionamento da escola. Para isso usaram cartazes, com reivindicações escritas pelos próprios alunos com reivindicações de mais professores e melhorias para a EECCAM. A governadora não chegou a ver o cartaz, já que o Capelão do 6º Batalhão da Polícia Militar de Caicó, Padre Alexandre Lopes tomou das mãos da estudante Amanda Daiane, de 15 anos de idade e rasgou na frente de todos. Diante do constrangimento, os estudantes não tiveram condições de continuar a manifestação pacífica dentro da Câmara. "Ele se sentiu incomodado com nossa manifestação.

Lamentável quando deixamos de fazer nossa missão e trabalhamos contras o povo que tanto sofre pelo descaso dos governos que vivem massacrando nosso povo sem fazer aquilo que seria seu papel onde no minimo seria oferecer ao povo uma boa Saúde, Segurança e Educação.
BLOG DO CB M SOUZA

6 comentários:

  1. Esse é um clássico , o tal do " acaba com o restinho"

    ResponderExcluir
  2. Os políticos têm que andar com coquilha ( protetor escrotal) pois é muito oficial puxa saco atrás de uma promoção meteórica.Que se danem os praças e a sociedade eu quero são mais estrelas de preferencia douradas é assim que eles pensam, ridículos.

    ResponderExcluir
  3. E É PQ O CARA É PADRE, SEI NÃO VIU, SEM PALAVRAS!!!

    ResponderExcluir
  4. Isso é apenas a cara do militarismo! "posso tudo", "eu mando"...

    ResponderExcluir
  5. Lamentavel essa atitude desse oficial,acho que pensa que ainda estamos na epoca da ditadura e é pq o cara é um padre.acaba

    ResponderExcluir
  6. Lamentavel essa atitude desse oficial,acho que pensa que ainda estamos na epoca da ditadura e é pq o cara é um padre.acaba

    ResponderExcluir