SARGENTO DA PM É PRESO SUSPEITO DE ESTUPRO

A policia prendeu, na madrugada deste sábado (30), o segundo Sargento da PM F.G.F.M., de 47 anos. O policial é suspeito de ter cometido o crime de estupro na noite da sexta-feira (29), na cidade de Macaíba, região metropolitana de Natal. Segundo informações repassadas pela vítima ao delegado Pedro Paulo Falcão, da Plantão Zona Sul, o acusado usou uma arma para ameaçá-la e cometer o ato.

O fato se deu início por volta das 21h, na rua Getúlio Vargas, no bairro Monte Castelo, em Parnamirim. A vítima, de acordo com a polícia, estava caminhando quando foi abordada pelo acusado em um veículo tipo gol de cor prata. De posse de uma arma de fogo o condutor do gol obrigou a jovem entrar no carro e seguiu com destino a cidade de Macaíba. Durante o trajeto ele pediu a vítima para praticar sexo oral e no meio do caminho, na BR 304, o acusado parou, desceu do veículo e cometeu o estupro no encostamento da pista.

A polícia ainda informou que logo depois de cometer o estupro o sargento deixou a vítima no posto Dudu, na BR 101. A mulher que terá o seu nome preservado teve o cuidado de memorizar a placa do carro usado pelo acusado e pediu socorro as pessoas que estavam no local. Em pouco tempo policiais militares do 3º Batalhão atenderam o chamado e socorreram a vítima para a maternidade Amor Divino.

De posse da placa do carro os policiais comandados pelo tenente Farias, oficial de dia, foram até o bairro Bela Vista e conseguiram localizar a casa do Sargento que recebeu voz de prisão e foi conduzido para a delegacia de plantão da zona Sul. A vítima reconheceu de pronto o sargento chegando a chorar bastante.

Em depoimento prestado ao delegado, o sargento chegou a negar todas as acusações, mas depois confessou que manteve relação sexual com a vítima, no entanto teria R$ 50 pelo programa. Diante das acusações e reconhecimento, o acusado foi autuado em flagrante por estupro e conduzido para o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro de Petrópolis onde se encontra preso a disposição da justiça. O sargento Genildo é lotado na Assembleia Legislativa do RN.
PORTAL BO

8 comentários:

  1. Eu creio que não é hora de crucificar o Sgt. acho que todos os fatos devem ser apurados.

    ResponderExcluir
  2. Fico aqui imaginando...
    Tá com cara de armação...
    Deixa no posto do DUDU??
    Onde tem muitas câmeras???
    Não sei se é verdade!!
    Nem estou punindo pelo sgt...
    tudo tem que ser apurado no minimo detalhes...
    Outra coisa...
    Fico aqui abismado como esse PORTAL B.O relata ocorrências da Policia Militar em primeira mão,sempre cortando sua própria carne..
    Né Gláucia????

    ResponderExcluir
  3. Curioso é no início da matéria manter o nome do sgt em sigilo, chamando-o de "segundo Sargento da PM F.G.F.M" e no final da matéria dizer que se trata do "sargento Genildo". Que amadorismo blogueiro é esse, hein?

    ResponderExcluir
  4. Acho que tudo deve ser apurado com lisura e seriedade para que não haja injustiça em ambos os lados, e que se fica comprovado que realmente o sargento cometeu este delito criminoso que é repudiado por toda a sociedade que seja punido nos rigores da lei. mas vamos ressaltar que outro dia em um programa "policial" do estado com maior audiência destacou uma matéria ao qual bem me recordo onde uma senhora denunciou que foi molestada e assediada por um chefe de investigação em uma DP localizado em uma praia (BARRA), porém um determinado delegado geral pediu que o nome do policial civil não fosse divulgado pois estavam analisando as denuncias pra comprovar a veracidade dos fatos, como de costumes o nome foi preservado a impressa não divulgo e caiu no esquecimento. lembro bem de uma entrevista aqui mesmo neste blog, onde o coronel Araújo disse " NA POLICIA MILITAR TODAS AS DENUNCIAS SÃO APURADAS E ABERTO PROCEDIMENTOS PRA COMPROVAÇÃO DOS FATOS QUE UMA VEZ COMPROVADO SÃO TOMADAS MEDIDAS PUNITIVAS" parabéns coronel Araújo pela transparência. em quanto o delegado geral disse: "NA POLICIA CIVIL NÃO É ABERTO PROCEDIMENTO ALGUMA CONTRA POLICIAIS POIS NÃO ESTÃO ENVOLVIDOS COM CRIME" (ISSO É UMA VERGONHA), verdade se procedimentos não são instaurado como pode comprovar a veracidade dos fatos. Pois são muitos os caso que não são averiguado como: policial civil preso na zona norte com carro roubado em uma operação da DEPROV, delegados denunciados, e muitos outros casos. Mas quero ressaltar que temos ótimos delegado, e agentes de policia civil bem como n policia militar. PARABÉNS A OS BONS POLICIAIS TANTO CIVIL QUANTO MILITAR, VOCÊS HONRA ESTAS INSTITUIÇÕES QUE COM DIFICULDADE SUPERA TODOS OBSTACULOS.

    ResponderExcluir
  5. O ESTRANHO É QUE QUANDO SE COMETE UM CRIME A TENDENCIA É SE LIVRAR DO FLAGRANTE, E NÃO SE LEVAR A VITIMA PARA OUTRO LOCAL TENDO O RISCO DE DEPARAR COM UMA VTR OU A VÍTIMA GRITAR ALGO ASSIM, NÃO ESTOU DEFENDENDO SÓ ACHANDO ESTRANHO DEVE SE APURAR COM CAUTELA SE CULPADO PUNIDO SE INOCENTE A MULHER TAMBÉM DEVE SER PUNIDA.

    ResponderExcluir