POLICIAIS MILITARES SÃO DESIGNADOS PARA VIGIAR PRÉDIO DO NÚCLEO DE CUSTÓDIA DA POLÍCIA CIVIL


O comandante da Polícia Militar, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, atendeu a uma solicitação do delegado geral da Polícia Civil, Fábio Rogério, para disponibilizar um policiamento preventivo em um ponto base na frente do Núcleo de Custódia do bairro da Cidade da Esperança. Viaturas do 9º Batalhão, Rocam e BPChoque participam de um rodízio de 24 horas com a finalidade de evitar fugas em massa no local. A determinação causou desconforto aos policiais e revolta dos moradores dos bairros da zona Oeste. O pedido do delegado geral foi feito após o Núcleo de Custódia ter sido palco de uma fuga em massa registrada na semana passada, quando 19 presos escaparam após construírem um túnel no banheiro da unidade prisional. Na manhã desta segunda-feira (4), o cadeião da Esperança, como é mais conhecido, estava sendo ocupado por 80 presos e com outros 16 para chegar da zona Norte. De acordo com o comandante do 9º Batalhão, tenente-coronel Espínola, viaturas do BPChoque, Rocam e da zona Oeste, se revezam durante 24 horas na frente da unidade. Segundo o oficial, dessa forma, o déficit na fiscalização fica menor nos bairros. “Durante o dia são as viaturas do 9º Batalhão e da Rocam que fazem o ponto base e na madrugada a missão é do Bpchoque”, disse. Os moradores dos bairros Nazaré e Felipe Camarão estão revoltados com o fato. Eles denunciam que a segurança em algumas comunidades ficou bastante comprometida e os criminosos tiram proveito da situação. Maria Izabel relata que na rua onde mora foram cinco assaltos e um homicídio na noite do domingo. “Já estávamos preocupados e agora com o número de policiais menor, acaba ficando pior”, relatou. A reportagem do Portal BO conversou com o comandante geral, coronel Araújo, e foi informada que a determinação será mantida e que reconhece que o policiamento fica comprometido com o ponto base no Núcleo de Custódia. “Estamos cientes do prejuízo que de alguma forma isso causa a sociedade, mas evitar fugas de presos perigosos se faz importante neste momento. Contudo estamos fazendo algumas modificações estratégicas para manter os bairros da zona Oeste seguros”, informou.
PORTAL BO

5 comentários:

  1. depois que deixamos de ser secretaria a anos atraz, ficamos mais sem moral, tudo no estado e agente que e chamado, estou vendo a hora faltar um coveiro no cemiterio e mandarem um oficio pedindo um PM para preenher a falta do coveiro, pq durante este tempo de policia que tenho, ja participei de tanta determinaçao que uma delas foi para ficar no base de um velorio, so pq o defunto tinha um certo conhecimento.

    ResponderExcluir
  2. infelizmente o ESTADO se omite,a JUSTIÇA se abstém,o CMT GERAL acata o pedido passivamente e quem fica na pior é O SOLDADO e a segurança da população criando assim um hiato vicioso de irresponsabilidades e as coisas gradativamente pioram...sem comentários!!

    ResponderExcluir
  3. Meu DEUS,nossa policia deixou de ter moral quando passou a ser comandada pelo um civil,faz pena,coitado do nosso comandante que tem que acatar todo tipo de determinação se não thal comando geral. Eu entendendo o Sr.Resta a sociedade se ajoelhar e pedir proteção a DEUS,pois essas modificações estratégicas é pra ir impurrando com a barriga.A Gloriosa vai ficar la até a copa do mundo em 2014.

    ResponderExcluir
  4. É, realmente o ex-Secretário da SEJUC usou de sanidade, alegou que tinha problemas de saúde familiar e planejava assistir seus entes queridos, acho que o Secretário de Segurança deveria fazer o mesmo, pois, embora não o conheça pessoalmente, acredito que omesmo tenha interesse de organizar, trabalhar e fazer acontecer a segurança da nossa sociedade, entretanto, o Desgoverno Rosalba e o Governo do esposo dela estão preocupados apenas em manter aparências. Os investimentos em segurança não estão condizentes com a necessidade da população. E realmente temo que aconteça com o Nobre Secretário o que ocorreu com um outro Ex-Secretário que teve sua esposa presa envolvida em crime praticado pela Gestora Estadual da época. Agora vamos tomar conta não só dos CDPs, mais em breve também dos CEDUCs. Enfim, esta tem sido nossa maior missão, agir como lagartixas.

    ResponderExcluir
  5. Falando em Condições de Trabalho. Um absurdo é a falta de estrutura da 3ª Companhia de Felipe Camarão. Perto da favela do Fio. É uma verdadeira nojeira. Um mosqueiro sem fim. A base é suja demais. Sem condições.Mesmo assim os Policiais estão sendo enviados para lá.

    ResponderExcluir