CRIAÇÃO DE ASSOCIAÇÃO SERIDOENSE DE CRIADORES PODE DESALOJAR PELOTÃO DA CAVALARIA DA PM EM CAICÓ


Uma notícia que beira o absurdo nos foi passada agora pelo CB João Batista, presidente da Associação de Praças e Bombeiros Militares do Seridó, a APBMS. Como já foi veiculado em toda imprensa caicoense, o procurador do estado e advogado, Nivaldo Brum, vai fundar, dia 02 de março, em Caicó, a Associação Seridoense de Criadores, a Asserc.Até aí tudo bem, já que a nova entidade pretende dar suporte a todos os pecuaristas da região do Seridó. O problema é que a diretoria da associação pleiteou, junto ao Governo do RN, o parque de exposições Walfredo Gurgel para utilizar como sede, justamente o mesmo local onde, há 12 anos, funciona o Pelotão de Cavalaria da PM, que presta relevantes serviços a sociedade no tocante a segurança pública. A nova situação apresentada deixa uma preocupação desconfortável. Em sua primeira visita ao local, Nivaldo Brum deixou claro que quer a desocupação do prédio, o que desalojaria Cavalaria. O V&C Artigos e Notícias conversou na tarde de hoje com o tenente Garcia, comandante do pelotão. Ele nos disse que está preocupado com a situação. Segundo o oficial, a retirada da guarnição do parque traria diversos problemas. O atual espaço é o local ideal para abrigar os cavalos, não tendo outro lugar disponível e, além disso, tem a questão dos próprios soldados que, com a saída da Cavalaria de Caicó, correm sério risco de serem transferidos. ”O Dr Nivaldo Brum voltará aqui amanhã e vou conversar com ele para vermos uma solução harmoniosa para ambas as partes”, após isso, informarei o caso ao Comando da PM, que é quem deve se posicionar com maior legitimidade a respeito desse assunto”, disse Garcia. Situação semelhante acontece no parque de exposições José Bezerra de Araújo em Currais Novos, onde a ASSERC também pleiteia sua administração. Procuramos entrar em contato com o advogado Nivaldo Brum, mas não obtivemos êxito,entretanto, iremos acompanhar essa questão de extrema importância para Caicó. De um lado a criação de uma associação de criadores do Seridó, que trará benefícios aos pecuaristas de toda a região, atendendo ao interesse da classe. Do outro, o desalojamento do Pelotão de Cavalaria de Caicó que diuturnamente oferece segurança a população caicoense. Quantas vezes não nos sentimos confortáveis e seguros ao cruzarmos no meio da noite com um cavalariano da PM em seu garboso animal fazendo sua ronda noturna? Não queremos e não vamos perder isso. Esperamos um desfecho para o caso e que ninguém saia prejudicado, principalmente o cidadão caicoense que anda assustado com a onda de violência que aumenta a cada dia.
V&C ARTIGOS E NOTÍCIAS

2 comentários:

  1. Qual o problema aí? A PM nunca constrói um prédio para ela! Sempre o cupando prédios de outros para montar suas dependências. Daí, com o passar do tempo vem esse tipo de problema...

    ResponderExcluir
  2. essa desmoralizasao ja acontece a muito tempo, a maioria dos batalhoes nao sao proprietario dos predios, se começarem a pedir os predios, so tem uma saida ficar debaixo do viaduto.

    ResponderExcluir