SINPOL COBRA DE CARLOS AUGUSTO ROSADO CONVOCAÇÃO DE MAIS POLICIAIS

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol/RN) encaminhou na tarde desta quinta-feira (10) um Ofício ao secretário chefe do Gabinete Civil, Carlos Augusto Rosado. No documento, a entidade cobra a convocação do Concursados da Polícia Civil/RN mais uma vez. O sindicato ressalta que a atual situação (promovida pelo Governo do Estado) de nomeação por meio da substituição das vagas abertas em decorrência de aposentadorias e falecimentos não contribui para o aumento do efetivo da Polícia Civil, que hoje amarga a manutenção de um quadro de servidores de uma década atrás. “É público que o Governo apregoa, como justificativa, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR) para amparar esse tipo de convocação, porém verifica-se a contradição no discurso governamental quando se observa a convocação de servidores de outras carreiras sem a observância da referida Lei”, destaca o sindicato. O Sinpol frisa que o Rio Grande do Norte tem ocupado um dos primeiros lugares no ranking de menor efetivo policial civil no país. Fazendo uma estimativa relacionando o efetivo policial civil com o contingente populacional do nosso Estado, constata-se o perigoso dado. O RN tem mais de 3.168.027 habitantes, desta maneira para cada 2.263 (dois mil duzentos e sessenta e três pessoas) há apenas um policial civil. “Diante de tudo isso, e sabendo que as consequências do baixo efetivo refletem diretamente na impunidade dos crimes, que é a mola do inegável crescimento da violência em nosso Estado, este Sindicato mais uma vez vem respeitosamente cobrar de Vossa Excelência a sensibilidade de reavaliar a postura adotada pelo Governo no que tange ao aumento do quadro da Polícia Civil, de maneira a nomear os restantes dos concursados já formados e que aguardam desde dezembro de 2010”, conclui.
DN ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário