FALSO POLICIAL CIVIL É PRESO PELA PM EM PARNAMIRIM

Francisco Emanuel da Silva
Um homem que se passava por agente da Polícia Civil foi preso, na tarde desta sexta-feira (11), na cidade de Parnamirim. Ele foi abordado por policiais militares quando estava em uma motocicleta e apresentou uma carteira que havia sido furtada de um agente verdadeiro. No entanto, o documento tinha a foto de Francisco Emanuel da Silva, de 23 anos, que recebeu voz de prisão. Os policiais militares do 3º Batalhão, sob o comando do sargento Xavier, viram o suspeito em uma motocicleta juntamente com a namorada dele, no bairro de Rosa dos Ventos. Quando fizeram a abordagem, os policiais foram informados por Francisco que ele seria policial. No entanto, o homem portava uma pistola de pressão, o que chamou atenção.

Com isso, os policiais militares acabaram descobrindo que a carteira estava com a foto de Francisco Emanuel, mas tinha o nome de outro homem, que é, na verdade, um policial civil de Nova Cruz, que teve sua carteira furtada no ano passado. Diante da situação, o acusado foi levado ao 1º Distrito de Parnamirim. Em depoimento, ele confessou que usava a carteira para se passar por policial civil, no entanto, trabalhava como segurança. Na casa dele, a polícia encontrou roupas da Polícia Civil, compradas por Francisco Emanuel com a carteira falsa. Tava em uma moto com a namorada. Ele estava morando em Parnamirim. Foi preso em Rosa dos Ventos. Disse que era policial civil e mostrou a arma falsa. Até mesmo a namorada dele se disse surpresa com a falsidade, tendo em vista que Emanuel saia para trabalhar a noite e voltava dizendo que tinha passado a noite na delegacia.
PORTAL BO

2 comentários:

  1. ainda tem gente que se passa por isso, e otario de primeira, se o cara fica se passando por qualquer profissao, principalmente policia um dia ele cai, pq policia conhece policia, agente sabe quando um policial vai abordado por qualquer VTs, ele se comporta realmente como policial, as vezes fica estressado quando esta com um pouco de pinga na cabeça, e sai tudo resolvido.

    ResponderExcluir