TENENTES RECEBEM SUBSÍDIO DE ASPIRANTE HÁ 18 MESES

“Mais um mês dentre vários que o Estado continua descumprindo a Lei do Subsídio onde os Oficiais da turma 2010 permanecem recebendo como se Aspirantes fossem a mais de 1 ano e meio. Já estão formando outra turma agora em dezembro e nosso subsídio de tenente nada.” TENENTE PMRN

4 comentários:

  1. haaaaa agora os oficiais estão preocupados com o subsidio ? haaaa tá, é que não entrou ainda o dinheiro na conta !!! Pois nas reuniões e assembleias a participação dos oficiais eram quase que nenhuma, salvo alguns poucos. Quando será que eles vão perceber que nosso direito também é deles e vão participar conosco ??

    ResponderExcluir
  2. o nobre companheiro deve saber que existe duas classes, a de oficiais, e a de pracas, so que quando acontece alguma coisa com oficiais no piscar de olhos se resolve, agora quando acontece com alguns pracas ai e uma dificuldade tao grande eo praca nao consegue resolver seu problema, so se tiver peixe, se nao tiver como eu que fui cirurgiado a pouco dias, se nao fosse deus primeiramente e as amizades que eu consegui ao longo do meu servico de rua, eu ja era pq a cirurgia foi feita na clinica particular.

    ResponderExcluir
  3. RAQUEL ALICE (CAICÓ-RN) 09 de dezembro de 2012
    Caros leitores, diante deste descaso (por parte do Estado) com os inativos e pensionistas venho externar meus sentimentos de revolta e decepção. Não podendo ficar calada com a inércia do governo com relação ao subsídio dos pensionistas e inativos recorro mais uma vez a este conceituado blog para que minhas palavras ganhem força nessa luta incessante e honrosa em nome daqueles que tanto contribuíram pela instituição da Policia Militar. Faço um apelo à todos os inativos e pensionistas para que juntos possamos lutar por um direito nosso, o subsídio. Necessário se faz que entremos na JUSTIÇA a fim de adquirirmos esse direito, pois o estado já demonstra há vários meses que não tem a intenção em obedecer à lei. Isto é uma vergonha, eu como esposa de um oficial morto em serviço me sinto humilhada porque parece que os direitos dos militares mortos ou inativos “valem” menos do que os direitos daqueles militares que estão na ativa. Penso nas tantas famílias que perderam seus entes queridos defendendo a nossa sociedade, fica a pergunta será que valeu a pena o sacrifício da vida?. Hooo nobre governadora demonstre ao menos um pouco de humanidade nesse seu coração tão frio. Tenha empatia e coloque-se no lugar desses familiares tanto ridicularizados pelo estado. Sem querer ser redundante mais uma vez peço para que todos aqueles que assim com eu estão sendo lesados pelo estado e estão tendo um direito negado pelo governo, que não fiquemos de braços cruzados nem tão pouco calados vamos à JUSTIÇA em busca do que nos pertence, o Subsídio. Essas famílias querem oferecer aos seus filhos uma boa educação, alimentação de qualidade e bem estar, tudo isso sem um salário digno é praticamente impossível. Agradeço atenciosamente ao Cabo Heronides por esse espaço cedido já que é muito importante que nossos sentimentos se transformem em palavras para que assim algo de concreto possa de fato acontecer.

    ResponderExcluir
  4. quero lembrar que hoje estamos na ativa e ao longo dos anos estamos na reserva com a permisao de deus,por isso a luta e de todos, eu nao consigo entender esses governos o policial passa trinta anos sofrendo, quando nao perde a vida e ainda tem que amargar a falta de respeito, a humilhaçao, a desumanidade, eles acham quando o policial vai para o inativo e pq nao precisao de dinheiro para sobreviver, ora passa trinta anos na humilhaçao e ainda nao e reconhecidos.

    ResponderExcluir