CEARÁ: SECRETÁRIO DE SEGURANÇA TROCA TIROS COM DOIS ASSALTANTES

O fato ocorreu na Via Expressa. Francisco Bezerra presenciou um assalto e reagiu. Um dos bandidos foi capturado Bezerra estava armado com duas pistolas e entrou em confronto com os ladrões que se refugiaram na Favela do Trilho, cercada pela PM Fotos; fernando ribeiro O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, coronel PM Francisco José Bezerra Rodrigues, trocou tiros com dois assaltantes, na manhã de ontem, na Avenida Almirante Henrique Saboya, a Via Expressa, no bairro Varjota. O fato ocorreu por volta de 10h30, quando os bandidos assaltavam uma caminhonete importada onde estavam dois rapazes. O secretário seguia em seu veículo para evento da Polícia Militar, na Barra do Ceará, quando se deparou com a cena. Imediatamente, Bezerra, desembarcou de seu veículo e ao tentar evitar o ataque, um dos assaltantes, armado com um revólver niquelado, disparou contra o titular da SSPDS. Um dos criminosos acabou sendo capturado pelo Ronda do Quarteirão e Batalhão de Choque. Trata-se do ex-presidiário Jéfferson Camilo Pires, que foi reconhecido Armado com duas pistolas de calibre Ponto 40 (0.40), o secretário prontamente reagiu. Segundo ele, "não foi possível mirar nos assaltantes porque havia pessoas próximas do trilho, busquei agir com cautela, mesmo sendo uma situação de muita rapidez", afirmou.

Fuga
Depois de disparar, pelo menos, quatro vezes contra os assaltantes, Bezerra pediu ajuda por telefone, enquanto as vítimas do assalto permaneceram abrigadas dentro da caminhonete. Rapidamente, várias patrulhas da Polícia Militar surgiram no local. Policiais do Ronda do Quarteirão e do Comando Tático Motorizado (Cotam), sob o comando do tenente Claudejane e do sargento Paulo iniciaram um cerco na Favela do Trilho, na caça aos assaltantes. Rapidamente, um dos criminosos foi detido. Levado de volta ao local do assalto, ele foi prontamente reconhecido pelas vítimas do ataque. O bandido acabou sendo identificado como Jéfferson Camilo Pires, 20, conhecido por ´Belo´. Ele seria o mesmo homem que, em 2010, assaltou, na Avenida Beira-Mar, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Policiais do Serviço Reservado (Inteligência) do Estado-Maior da PM, juntamente com as equipes do Ronda, 8º Batalhão (Aldeota), BPRaio e Batalhão de Choque continuaram, nas horas seguintes, a operação em busca de localizar o segundo assaltante. Conforme as vítimas, quando o veículo parou no semáforo na Via Expressa com a Avenida Alberto Sá, os assaltantes surgiram dos dois lados da caminhonete, já de arma em punho e exigindo que o guiador baixasse os vidros laterais e entregasse carteira, relógio e celulares.

Reagiu
O secretário estava em seu veículo na frente do carro das vítimas e, pelo retrovisor, observou acena. Imediatamente, desembarcou e tentou render os criminosos. "Nesse momento, deve prevalecer a técnica do policial, acima de tudo", disse Bezerra. Com o apoio de um helicóptero da Ciopaer, a PM fez uma varredura na área. Há duas semanas, no mesmo local, bandido tentaram roubar as armas de dois policiais militares.
FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA / DIÁRIO DO NORDESTE

Um comentário:

  1. tem que acontecer com os poderosos, pelo menos o serviços de vtrs de rua sao mais valorizados, nos estados como sao paulo e outros, quando acontece um tiroteio com bandidos, a primeira coisa a perguntar e se tem algun policial ferido, aqui no rn eles perguntam se a vtr foi atingida, aconteceu em felipe camarao em uma persiguiçao a alguns bamdidos depois de um tiroteio a vtr colidiu, ai perguntaram se amassou muito a vtr.

    ResponderExcluir