POLICIAL CHAMA CORONEL EM SEU APARTAMENTO E ATIRA NELE

CORONEL ALVES
O comandante do policiamento da capital, coronel Welligton Alves, foi vítima de um atentado esta madruga (9) no prédio em que mora, em Nova Parnamirim, Parnamirim. O acusado, um subtenente da Polícia Militar, identificado até o momento apenas por Alexandre, se entregou logo após cometer o crime. De acordo com o oficial de operações do 5° BPM, o coronel e o subtenente moram no mesmo prédio e esta madrugada, Alexandre ligou para o comandante do CPM falando que estava com problemas e pedindo ajuda. Ao chegar no apartamento o coronel foi atingido por um tiro de pistola calibre 380 no abdômen. Os moradores socorreram Alves para o hospital Clóvis Sarinho, onde ele foi submetido a uma cirurgia e permanece internado. Seu estado de saúde inspira cuidados. Ainda segundo o oficial da área, além da arma usada no crime, os policiais também apreenderam no apartamento, uma espingarda calibre 12, um fuzil calibre 38 e uma pistola .40. O subtenente é filho do ex-comandante geral da PM coronel Tavares e segundo militares do 5° BPM sofre de distúrbios psicológicos. Ele está preso na sede do Comando Geral, em Tirol.

Um comentário:

  1. Falta de aviso que não foi . Só assim a Junta medica da PM vai respeitar os militares com problemas mentais .

    ResponderExcluir