FALTA DE PERSPECTIVA DE CRESCIMENTO NA POLÍCIA MILITAR PROVOCA UNIÃO DA CATEGORIA

Todos os policiais militares reclamam da falta de perspectiva de crescimento dentro da instituição.

Há 15 anos não ocorre concurso para sargentos na polícia militar. Ou seja, quem ingressou na instituição desde 1999 não teve a oportunidade de ser promovido.

Neste período foram incorporados cerca de 5 mil policiais, que permanece na graduação de soldado. 

Existe de forma paralela a promoção por tempo de serviço, onde o soldado pode ser promovido à graduação de cabo quando atinge 15 anos de serviço, mas para isto ocorrer é necessária a existência de vagas no quadro de acesso, fazendo com que a promoção só ocorra quando o policial está perto de completar os 30 anos de serviço. E quando ocorre!

Atualmente existem soldados da turma de 1988 que ainda não foram promovidos, ou seja, soldados com 24 anos de serviço.

Esta falta de perspectiva de crescimento dentro da corporação está acarretando a saída de vários policiais, para instituições onde ocorram valorização e crescimento profissional. A maioria dos que permanecem buscam qualificação profissional e pessoal esperando uma oportunidade para sair da corporação.

As associações policiais e bombeiros militares têm buscado com bastante esforço a criação de uma nova lei de promoção de praças que contemple toda a categoria, mas esbarra na falta de vontade politica da assembleia legislativa e do governo do estado.

Para que a proposta seja discutida na assembleia legislativa e consequentemente aprovada é necessária à participação em massa de toda a categoria.

Muitos irão participar, participe você também!
Escrito por Cabo Heronides.

Nenhum comentário:

Postar um comentário