PM É EXECUTADO NA ZONA NORTE DE NATAL

Mais um policial foi morto no Rio Grande do Norte. No início da tarde deste sábado (8), o policial militar Algarim Medeiros da Silva estava à paisana na rua Santa Luzia, na Vila Paraíso, e recebeu três disparos de um grupo ainda não identificado. Ele morreu antes de chegar ao hospital Santa Catarina. A Polícia Militar está em diligências para encontrar os criminosos.

De acordo com informações preliminares, Algarim Medeiros não estava de serviço e caminhava pelas ruas da Vila Paraíso. Bandidos em um carro não identificado efetuaram três disparos, atingindo o pescoço, o abdômen e a virilha. Algarim Medeiros chegou a ser socorrido, mas chegou sem vida ao hospital Santa Catarina.

Populares deram informações divergentes sobre o crime. Enquanto uns afirmam que os criminosos estavam em uma Ecosport, outros disseram que eles estavam em um Fiesta e receberam o apoio de uma S10. Policiais militares buscam os suspeitos, mas não foi divulgado se eles têm pistas sobre o caso.

Algarim Medeiros da Silva estava na Polícia Militar desde 2000 e ele era praça do destacamento de São Gonçalo do Amarante. O homicídio é o segundo envolvendo um PM na Grande Natal em menos de 24 horas. Ontem (7), o subtenente da reserva José Gomes Sobrinho, de 56 anos, foi morto por um homem ainda não identificado em Parnamirim, após uma briga de bar. Ninguém foi preso.

Um policial militar que preferiu não se identificar criticou a falta de atenção que vem sendo dada à corporação. “Todo dia estão morrendo policiais e ninguém faz nada. É uma situação complicadíssima”, criticou.
TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário