GOVERNADORA FALA SOBRE A SEGURANÇA E O SISTEMA PRISIONAL DO RN

A governadora Rosalba Ciarlini concedeu entrevista exclusiva ao G1, na manhã desta quarta-feira (5), e falou sobre a segurança pública e o sistema prisional do estado.

A governadora comentou, ainda, sobre os recentes crimes envolvendo policiais civis, os ataques aos postos e agências bancárias e dos Correios em nove municípios potiguares e também sobre as interdições em quatro unidades prisionais. Confira abaixo a íntegra da entrevista.
G1 - A questão da Segurança, assim como a Saúde, ainda é delicada no estado. Prova disso foram os ataques que ocorreram em nove cidades nesta terça-feira (4). Quais ações o Governo irá adotar para reduzir os índices de violência?
GOVERNADORA: Nós criamos o BOPE para o interior do estado. Nós estamos, desde o início, estruturando a Segurança. Nós entregamos 292 viaturas adquiridas com recursos próprios do Estado. Nós investimos em inteligência, quadrilhas estão sendo desbaratadas. Mas, infelizmente, outras estão surgindo. É uma situação de muita preocupação para dar melhor estrutura, melhores salários, proteção ao policial. Quando nós assumimos só existiam 100 coletes à prova de balas, hoje temos mil e esperando mais 1.600 que vão chegar. Uma série de providências estão sendo dadas. Nem arma tinha e agora estamos esperando cinco mil pistolas. Nós conseguimos reduzir os índices de violência de 2011 para 2012 em 9%. É muito pouco. Nós não sabemos onde os bandidos irão chegar.
G1 - Um outro agravante para a questão da segurança, é a atual situação dos presídios estaduais. Quatro deles foram interditados pelo juiz de execuções penais do RN e há um déficit de vagas. Há projetos de ampliação do sistema carcerário do Rio Grande do Norte?
GOVERNADORA: Existe e já com o processo em andamento. Tanto para melhorias das condições de Alcaçuz e abrir também as áreas que não estavam em funcionamento. Mas tudo isso é um processo que não surge da noite para o dia. Nós procuramos o Ministério da Justiça em busca de recursos, daí vem a questão dos projetos e dos terrenos. Existe também um gerenciamento de vagas para onde houver, nós possamos transferir. Eu não vou colocar prazos para entrega de novos presídios. Nós podemos conversar com a Secretaria de Segurança sobre este assunto.
G1 / RIO GRANDE DO NORTE

Um comentário:

  1. COMO É QUE ESSA GOVERNADORA POR SINAL A PIOR GOVERNADORA DO BRASIL, TER A CARA DE PAU DE FALAR QUE ESTAR INVESTINDO NA SEGURANÇA,EU QUERO SABER COMO SI O ESTADO ESTAR EM CALAMIDADE,NA SAÚDE ,SEGURANÇA E EDUCAÇÃO,OS BANDIDOS ESTÃO ROUBAM A VONTADE E MATANDO OS POLICIAIS, É SER MUITO CARA DE PAU ESSA MULHER.

    ResponderExcluir