DEPUTADA PEDE QUE GOVERNO RESOLVA SITUAÇÃO DE SUPLENTES DA POLÍCIA CIVIL

A deputada Gesane Marinho pediu à governadora Rosalba Ciarlini, durante a sessão dessa quinta-feira (16), que autorize os 200 suplentes da Polícia Civil, do concurso de 2009, a fazerem o curso de formação e nomeie 69 que já passaram por esta etapa. De acordo com a deputada, o concurso que foi homologado em 2010 perde a validade em dezembro deste ano, o que torna desconfortável a situação dos concursados. “Eles fizeram um investimento, se dedicaram, estudaram, abriram mão de muita coisa para fazer o concurso e correm o risco de perder tudo. É uma injustiça. Não podem ficar a mercê da vontade do Governo”, disse Gesane.

Segundo a parlamentar, pouco mais de 800 concorrentes foram classificados nesse concurso de 2009. Em junho der 2010, houve a convocação para a etapa do curso de formação. E dos aprovados, 540 fizeram o curso e 290 ficaram na suplência. Atualmente, 200 concursados aguardam para fazer o curso de formação.

A deputada informou que, pela lei, o quadro da Polícia Civil do RN deve ter 350 cargos de delegados, 800 de escrivão e 4 mil agentes. Encontram-se vagos, hoje, 190 cargos de delegado, 646 de escrivão e pouco mais de 2.800 de agentes. “Ou seja, mesmo que o Governo convoque todos os concursados, os suplentes, ainda não atingiria o número aprovado por lei. Temos 69 servidores públicos que só aguardam a nomeação. Faço esse pedido, pois o concurso vence em dezembro, pois foi homologado em dezembro de 2010”, afirmou.

Ao concluir seu pronunciamento, a deputada recebeu a resposta do líder do Governo na Casa, o deputado Getúlio Rego. O parlamentar informou que as providências burocráticas estão em andamento e que, em breve, a situação estará resolvida.
DN ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário