ACSPMRN REALIZA ASSEMBLÉIA PARA LANÇAR CAMPANHA EM PROL DO PLANO DE CARREIRA DAS PRAÇAS E TRATAR DE OUTROS TEMAS

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN realizou na tarde dessa sexta feira (10.08.2012) uma Assembleia Geral com seus associados para debater a pauta do edital de convocação que foi amplamente divulgado e que versava sobre a campanha em prol do plano de carreira das praças, da aquisição de uma sede própria para a entidade, da reestruturação das sedes regionais do interior do Estado e também sobre a atualização do valor da mensalidade.

A assembleia, a qual foi informada ao Comandante Geral da Polícia Militar através de ofício, teve a direção dos trabalhos conduzida pelo Soldado Roberto que é o atual Diretor Presidente da entidade e contou com um baixo número de associados, tendo sido realizada de forma individual pela a ACSPMRN pelo fato de no edital constar uma pauta específica para deliberação dos associados, e teve o seu resumo dividido por tópicos conforme vemos a seguir:

I - DA CAMPANHA EM PROL DO PLANO DE CARREIRA DAS PRAÇAS
Inicialmente a mesa diretora dos trabalhos teceu comentários acerca da reunião realizada na tarde dessa quinta feira (09.08.01) com o Comandante Geral que defendeu que o encaminhamento do plano de carreira das praças só poderia ocorrer após a efetivação da implantação do subsídio para os inativos e pensionistas.

Em seguida foi apresentada a campanha que será realizada nos moldes da deflagrada próximo ao dia do soldado do ano passado em forma de outdoors em prol do subsídio e que teve uma grande aceitação pela tropa e pela sociedade, sendo mostrados os modelos das artes aos associados que tiveram a oportunidade de opinar e sugerir mudanças.

Foi colocado também para os presentes que nesse tipo de campanha que visa uma carreira para as praças, em especial para o soldado, somente a associação se expõe, de modo que resguarda os associados de sofrer quaisquer tipos de represálias.

Por fim, foi sugerido por um associado presente que a ACSPMRN possibilitasse através de ofício que as outras entidades pudessem contribuir com a campanha e que, caso as outras entidades não demonstrem interesse a campanha seja custeada exclusivamente pelos recursos dos associados da ACSPMRN.

II – DO PROJETO DE AQUISIÇÃO DA SEDE PRÓPRIA
A presidência da mesa enalteceu que a aquisição de uma sede própria para a entidade representava um sonho antigo dos associados e uma promessa de campanha da atual gestão, sendo apresentado um imóvel que estava em vista e que possibilitaria, além da acomodação da sede administrativa da entidade, a disponibilização de alojamentos para acomodar os associados do interior do Estado que se deslocassem para Natal e não tivessem local para pernoitar.

Dessa forma, foi levantado por um associado presente que o ideal é que fosse realizado um projeto para a aquisição de um imóvel que constasse valor, forma de pagamento, custos para entidade, etc, de modo que foi posto para a deliberação e foi aprovada por unanimidade a criação de um projeto para a aquisição, e que seria criada uma comissão para realizar o referido estudo que seria apresentado em uma assembleia específica.

III - REESTRUTURAÇÃO DAS UNIDADES DO INTERIOR DO ESTADO
A presidência da mesa ressaltou que a entidade tem abrangência estadual e precisa valorizar os associados do interior do estado que em muito contribuem para a representatividade da nossa entidade, em especial, na cidade de Mossoró onde existe um bom número de associados.

Inclusive, se destacou na assembleia o fato de um associado da cidade de Mossoró que estava impossibilitado de vir a Natal e mandou seu filho para representa-lo, o que mostra o interesse de participação que esse associado demonstrou.

Diante disso, ficou acertado que haveria uma reestruturação das sedes regionais, em especial a de Mossoró, inclusive sendo assumido o compromisso da realização de uma assembleia geral com toda a diretoria e associados naquela cidade a ser marcada ainda para esse mês, onde serão debatidos vários assuntos de interesse dos policiais daquela região.

IV – ATUALIZAÇÃO DO VALOR DA MENSALIDADE
Inicialmente foi ressaltado pela mesa diretora dos trabalhos que a mais de dois anos que não havia majoração no valor da mensalidade, bem como, a três anos que não era realizada a implantação do desconto extra da mensalidade natalina, embora exista previsão estatutária.

Foi enaltecido o fato também de que em administrações passadas a majoração da mensalidade era realizada sem que o associado soubesse, de modo que os sócios ficavam sabendo apenas quando recebiam o contra cheque, e por isso, a entidade era alvo de críticas pela falta de publicidade, fato que não correu dessa vez, pois a assembleia foi amplamente divulgada.

A mesa também discorreu a respeito do fato de que a majoração da mensalidade é de natureza compulsória, haja vista que o estatuto da entidade em seu artigo 2º dispõe que o valor da mensalidade corresponde a 2% do salário inicial do soldado, o que levando em consideração o valor de R$2.200,00 (dois mil e duzentos reais) resultaria em uma mensalidade de R$44,00 (quarenta e quatro reais).

No entanto, a diretoria da entidade informou que reconhecendo o fato de que o soldado foi o menos beneficiado com a implantação do subsídio e que esses militares representam a maioria dos associados, ficou estipulado que o valor da mensalidade não seria de R$44,00 (quarenta e quatro reais), e sim, de apenas R$39,00 (trinta e nove reais), ou seja, tendo um aumento simbólico de aproximadamente R$ 6,50 (seis reais e cinquenta centavos), algo bem abaixo do que se esperava.

Outro ponto importante foi a lembrança pela mesa diretora de que com a revogação do Código de Vencimentos e Vantagens pela Lei do Subsídio, os militares estaduais perderam o direito ao auxílio funeral prestado pelo Estado, e isso fará com que os familiares dos militares estaduais que venham a falecer tenham, além da dor da perda do ente querido, o transtorno financeiro para custear o funeral.

Dessa forma, o diretor presidente da ACSPMRN informou que, juntamente com o pequeno acréscimo da mensalidade, os associados ganharão mais um benefício que será o auxílio funeral a ser custeado pela entidade aos familiares dos associados falecidos.
FONTE: ASSESSORIA ACSPMRN

2 comentários:

  1. Vamos participar amigos pois deixar que as pessoas decidam por nós ai ficar complicado de depois falar alguma coisa quanto mesmo ficar tc de um PC.

    ResponderExcluir
  2. É importante sim o reajuste da mensalidade pois só assim tem como oferecer melhorias a categoria, porém, mais importante ainda seria unificar as associaçoes da capital, ai sim, se lutaria pelos interesses da categoria, juntos !! sem interesses pessoais ! sou a favor da unificação das associaçoes !!

    ResponderExcluir