TRUCULÊNCIA DE MAJOR FAZ GRUPO DE PMs ABANDONAR O BATALHÃO DE CHOQUE

Rapaz… eu tava aqui pensando…

A rapaziada que compõe o Batalhão de Choque na PM é madeira de dar em doido. Os caras são preparados para resolver as broncas mais barras-pesadas, e só chegam para resolver, tipo o Junior Baiano no tempo do Flamengo. Os homens do BPChoque resistem às pressões mais duras e se eu fosse bandido preferiria cruzar com Lúcifer a passar no caminho dos caras com a farda camuflada!

Mesmo assim, pelo menos nove homens já pediram para deixar o honroso batalhão por conta das cavalices de um major lotado por lá recentemente. Digaí se meu fi não é bruto…

De boa, eu já recebei uns quatro telefonemas e e-mails com policiais e familiares denunciando o comportamento deste major que chegou lá esses dias. Eu não sei quem é, mas as reclamações dão conta de que ele sequer cumprimenta os comandados. Trata a todos com truculência, grosseria e meninos de recados. A turma tá fula da vida.

O detalhes é que o comportamento do oficial é exatamente o oposto do comandante geral da PM. O coronel Araújo é reconhecido por todos exatamente por ser um cara gentil, atencioso e educado. Sou testemunha de várias vezes em que eu chegava ao gabinete para entrevistá-lo e ele estava recebendo um simples praça que fazia uma reclamação. E do lado de fora tinha mais uma ruma esperando para falar com ele.

Espero que a situação seja averiguada antes que o BPChoque perca mais policiais. Eu conheço policiais extremamente cascas grossas, selvas mesmo, pra se rear. Mas isso não tem nada a ver com falta de educação.
FONTE: JACSON DAMASCENO

Nenhum comentário:

Postar um comentário