CABO JEOÁS VEM SE DESTACANDO NA LUTA PELA REIVINDICAÇÕES DA CATEGORIA

Pela terceira vez consecutiva, os policias partem em busca de um representante que atenda suas expectativas.

Regina tem força no segmento, mas a divisão dos votos é inevitável e, assim como havia apoio em torno do seu nome nas eleições de 2008, neste ano outro nome está se destacando, o cabo Jeoás, ex-presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS-PMRN).

À frente da Associação nos últimos três anos, o praça tem conquistado a simpatia da direção que o sucedeu e ganhou mais notoriedade após o episódio em que foi preso por 43 dias quando apoiou em fevereiro passado a greve dos Policiais Militares na Bahia.

“Sou um candidato que veio da Associação e sempre apoiamos candidatos que vinham da base de sargentos. Agora me lanço para representar a Polícia Militar e toda a área de Segurança Pública”, conta, fazendo alusão aos sargentos Siqueira e Regina a quem diz terem se afastado dos policiais após eleitos.

“O elo em defesa da categoria deixou de ser mantido. Procuraremos não cometer este erro”, alerta.

Jeoás diz que seu maior foco é a área da Segurança Pública e que naturalmente seu eleitorado se encontra na área policial. O episódio na greve da Bahia atraiu a atenção de partidos políticos devido à visibilidade conquistada e o apoio que recebeu da classe policial.

Ele diz que relutou a aceitar a disputa nas eleições, mas como não se propõe a parar o trabalho de reivindicar pela categoria chegou, junto aos que o apoiam, à conclusão de que na Câmara teria mais espaço para tanto.

A escolha pelo PC do B (Partido Comunista do Brasil) faz de Jeoás o primeiro policial militar comunista do estado. O partido ocupa uma cadeira no Legislativo Municipal com o vereador George Câmara e
lançou 14 candidatos, sendo cinco mulheres e nove homens.

Segundo o cabo, dentro da coligação PT do B, PRP, PPL e PPE o partido tem expectativas de eleger até três candidatos e a coligação pode chegar a seis. É uma das coligações que apoiam Carlos Eduardo (PDT).
FONTE: NOVO JORNAL

2 comentários:

  1. Se ele levar a vida na Política como leva a sua vida pessoal vai ser um péssimo representante. Ele não é opção para ninguém.

    ResponderExcluir
  2. É MUITA PRETENSÃO ESSE QUERER GANHAR ALGO NA VIDA ESSA AI SE VACINA É GRÁTIS AINDA TA CARO PRA ELE, MAIS UMA COISA ELE TEM, CORAGEM PORQUE PRA FAZER A MERDA QUE FEZ COM O SUBSIDIO VISLUMBRANDO NÃO SEI O QUE OU SEI??!!! VOTO MEU NÃO DOU MAIS SE QUISER UM OLÉO DE PEROBA, TEM UM RESTINHO LA EM CASA QUE PASSEI EM UNS MÓVEIS DE PAU.

    ResponderExcluir