APROVADO APOSENTADORIA ESPECIAL AOS 25 ANOS PARA AS POLICIAIS MILITARES DE GOIÁS

O Plenário aprovou, em segundo turno, nesta quarta-feira, 4, a Proposta de Emenda Constitucional nº 5.323/11, que dá nova redação ao inciso I, do § 12, do art. 100 da Constituição Estadual. Trata-se da aposentadoria aos 25 anos de tempo de serviço para as policiais e bombeiros militares femininas. A PEC foi aprovada por unanimidade, com 27 votos favoráveis.

A alteração tem por objetivo deixar expresso na Constituição o tempo de serviço necessário para a promoção a posto ou graduação imediatamente superior das militares estaduais goianas, quando da transferência delas para a reserva remunerada, garantindo-se a diferenciação entre elas e os homens, nos moldes da Constituição Federal.

Leia a seguir as palavras do Deputado Estadual Major Araújo:
"Em um processo cheio de momentos tensos, finalmente um desfecho feliz. Agora as nossas mulheres militares podem comemorar o fim do tratamento preconceituoso e degradante. A nossa sensação é de alívio e acima de tudo, dignidade. Gostaríamos de agradecer aos parlamentares que se sacrificaram para comparecer na sessão de hoje para esta votação, em pleno recesso , em sessão extra não remunerada. Com um quórum apertado, de 27 deputados presentes, a emenda foi aprovada unanimemente".

3 comentários:

  1. vale lembrar que são 25 anos de serviço na POLICIA MILITAR, de nada adianta se antes de ser policial militar o cidadão trabalhou em empresa privada etc... e quer contar como tempo de serviço

    ResponderExcluir
  2. Tanta luta para ter os mesmos direitos dos homens, e agora querem ser diferentes de novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode crer Getulio não sou machista,mas concordo com vc direitos e deveres iguias para todos independente do sexo..e assim que elas pregam...

      Excluir