SUPLENTES: CONCURSO ESTÁ ENVOLTO EM CONTROVÉRSIAS

Enquanto há mais de 1 mil vagas abertas para convocação de soldados, mais de 800 candidatos do concurso passado ainda tentam ingressar na corporação. A incoerência se dá devido a disputas judiciais pela convocação. O certame realizado em 2006, e que teve mais de 45 mil inscritos, ainda gera controvérsias.

O Governo do Estado optou por não recorrer da decisão tomada pela juíza Ana Cláudia Secundo da Luz e Lemos, da 3ª Vara da Fazenda Pública. No final do mês de maio passado, a magistrada determinou a seqüência do curso de preparação para soldado da PM em uma ação impetrada por dois candidatos aprovados no concurso, realizado no ano de 2006 Ainda não se sabe, no entanto, quantos serão beneficiados pela decisão e há dúvidas sobre a validade do que foi decidido pela juíza Ana Cláudia.

O Governo do Estado, através do procurado-geral Miguel Josino, disse esperar uma audiência para que tudo seja esclarecido. A magistrada determinou que o Comando-geral apresentasse a lista geral de classificação, assim como o resultado da 2ª fase, que foi o teste de aptidão física. A juíza também determinou que em um prazo de 30 dias o coronel Francisco Araújo apresentasse o cronograma de realização das demais etapas do certame.

TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário