POSTO POLICIAL ATACADO POR BANDIDOS É LARGADO PELA PM

Esta base de policiamento comunitário situada em Felipe Camarão foi atacada a tiros algumas semanas atrás. Bandidos passaram de moto ou de carro, não lembro, e sentaram o dedo.Meteram bala no prédio.

Havia militares no local na hora do ataque. Felizmente nenhum foi atingido. O que me supreendeu é que a base, em vez de ser reforçada para mostrar resposta, foi fechada com tijolos em cimento.

Na minha humilde opinião a PM deveria ter mostrado, dentro da legalidade, que essa zorra desse estado tem comando. Ou seja, cercar geral, botar pra lascar, ocupar o bairro, mostrar serviço, fazer a bandidagem tremer com operações de inteligência e repressão.

Porém, a solução encontrada, pelo que me parece, foi lacrar o pequeno prédio e cair fora. Esse Brasil está muito diferente…

JACSON DAMASCENO

2 comentários:

  1. PENSEI ASSIM TAMBEM, QUE NO OUTRO DIA LOGO CEDO FARIAM UMA MEGA OPERAÇÃO EM FELIPE CAMARÃO, PORÉM O QUE NÓS VEMOS É O PAPO " A POLICIA CIVIL VAI INVESTIGAR O CASO", OU SEJA DEIXA PRA LÁ, POR ISSO QUE EXISTEM GRUPOS FAZENDO JUSTIÇA, PORQUE OS QUE DEVERIAM TOMAR ATITUDES PREFEREM NÃO FAZER, CAUSANDO INDIGNAÇÃO ENTRES OS POLICIAIS QUE SE SENTEM DESMORALIZADOS PELOS BANDIDOS. ESSE FECHAMENTO DESSA BASE MOSTROU QUE EM FELIPE CAMARÃO QUEM MANDA É OS BANDIDOS , E NÃO O ESTADO ATRAVÉS DA FORÇA POLICIAL, A PM TEM QUE PARAR COM ESSA MANIA DE PROBLEMAS NOSSOS JOGAR PRA POLCIA CIVIL RESOLVER, ORA A P. CIVIL NÃO DAR DE CONTA NEM DOS GRANDES NUMEROS DE HOMICIDIOS ESXISTENTE LA, QUANTO MAIS DISPAROS DE BANDIDOS EM BASE DA PM, PELO AMOR DE DEUS.

    ResponderExcluir
  2. PMRN / 2ª CIPM

    Em uma ocorrência, foi citado pelo próprio pai do acusado, um desordeiro, que ele ficasse presso por uma semana, a promotoria se pronunciou dizendo que era prisão ilegal e que no máximo ficasse por um dia enquanto decidia o que fazer, ou seja "NADA", o policial ficou atônito, ou ouvia o pai do acusado, ou a promotoria pública, ouviu o pai que so pediu pra que o acusado ficasse detido por uma semana, sendo feito tal pedido, o acusado atualmente é um homem digno de respeito na cidade, converteu-se ao evangelho e agora cuida de sua familia com uma criança ja de seis anos, onde esta a tal "PROMOTORIA", ou ate mesmo a tal "POLICIA CIVIL", sem falar no tal de "DELEGADO", que por ocasião da situação do município, nem sequer a população ja o avistou alguma vez por lá, isso é policia, aqui no RN.

    ResponderExcluir