FORÇA TAREFA DO RN TEVE O 6º PIOR DESEMPENHO DO PAÍS

O Rio Grande do Norte não atingiu o quantitativo previsto pela "Meta 2" da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp) para a resolução de inquéritos de homicídios dolosos - com intenção de matar - pendentes até o ano de 2007 no Estado. O plano previa a solução de 90% dos 1.171 assassinatos até abril deste ano, e o que a Força Tarefa do RN conseguiu resolver foi 22, 89%, correspondentes a 268 casos. Entre esses, incluem-se os inquéritos arquivados (161), e os desclassificados, que são os crimes que tiveram enquadramento retificado para outras contravenções que não homicídio - oito casos.

O RN ocupa a 6ª pior posição entre todos os Estados brasileiros quanto ao número de homicídios solucionados, e apresenta o 3º pior resultado do Nordeste, ficando à frente apenas da Paraíba e de Alagoas. Os dados são do relatório de avaliação do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), divulgado ontem.

TRIBUNA DO NORTE

2 comentários:

  1. O Estado não tem como resolver estes homicidios, primeiro porque nao tem efetivo pra isso e nem estrutura e segundo se vem por exemplo 10 delegados, agentes ou escrivães de fortaleza pra reforçar, vão daqui 15 para outros estados para reforçar lá !! rs rs na verdade a força tarefa é só pra dar dinheiro a poucos apadrinhados, o que nao é pouco é o dinheiro que ganham !! V E R G O N H A !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Se os daqui não resolvem nada imagine o cara que vem de fora agora deveria o Estado pedir o dinheiro investido de volta - Coracy

    ResponderExcluir