EMPRESA AMEAÇA DESPEJAR 12º BPM POR FALTA DE PAGAMENTO DE ALUGUEL

A diretoria da empresa Sep Serviços Energia e Petróleo, ameaça entrar com ação de despejo contra o 12º Batalhão da Polícia Militar de Mossoró, devido à falta de pagamento do aluguel do imóvel onde funciona a sede da corporação. A empresa reclama uma dívida de R$ 75 mil, referente a 10 meses de aluguel atrasado.

Segundo informações repassadas ao O Mossoroense, pelo gerente de negócio da empresa, Assis Barbosa, desde que foi inaugurada a sede do 12º BPM nunca foi repassado pelo governo nenhum mês de aluguel. "Já acionamos o setor jurídico que deverá nos próximos dias entrar com ação de despejo, já que até o momento amargamos um prejuízo de R$ 75 mil. Só queremos que o governo cumpra o contrato", explicou Assis Barbosa.

O imóvel em que está acomodado o 12º BPM fica às margens da BR-304, saída para Natal. Os representantes da empresa já estiveram diversas vezes em Natal, se reunindo com a equipe de governo, porém nunca receberam nada pelo aluguel, resolvendo assim acionar a Justiça para receber o pagamento ou ter o imóvel de volta.

A reportagem do O Mossoroense também entrou em contato com o tenente-coronel Alvibá, comandante do 12º BPM, para se pronunciar sobre o assunto. O comandante informou que desconhece a ação e não sabe dizer se o aluguel está atrasado ou não, alegando que essa parte financeira é de responsabilidade do governo estadual.

O MOSSOROENSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário