DOIS DETENTOS FOGEM DA PENITENCIÁRIA DE ALCAÇUZ

Dois detentos fugiram da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, durante a madrugada de ontem. De acordo com informações da Polícia Militar, responsável pela guarda externa, os homens escaparam da unidade prisional utilizando uma "Teresa" - corda formada por lençóis - para transpor o muro. Os homens identificados como Maikel Neves e Antônio Cândido trabalhavam na padaria de Alcaçuz e aproveitaram a liberdade interna que dispunham para planejar a fuga.

Diariamente, eles entregavam pães a agentes e policiais. O presídio de Alcaçuz enfrenta problemas com o efetivo de policiais. Recorrentemente, algumas guaritas permanecem desocupadas. Esse fato pode ter facilitado a ação criminosa dos detentos. Ainda não há informações de que os fugitivos tenham sido localizados e recapturados.

No início da semana passada, a unidade prisional já havia registrado outra fuga. Na oportunidade, três detentos escaparam do novo pavilhão de Alcaçuz, considerado de segurança máxima. Aproveitaram o déficit de efetivo de agentes e policiais militares para escapar do pavilhão e pular o muro, cuja guarita estava desativada. Um homem foi localizado e recapturado. Em janeiro desse ano, a unidade registrou a maior fuga da história do RN. Quarenta e um homens fugiram do novo pavilhão sem ser percebidos. O MP conduz um procedimento investigatório criminal que visa apurar as circunstâncias daquela ocorrência. Duas semanas depois daquela data, outros seis homens escaparam da unidade utilizando um túnel no Pavilhão 1. No total, cinquenta e três presos já fugiram de Alcaçuz durante o ano de 2012.

TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário