FALTA DE PROMOÇÃO É ATENTADO À HIERARQUIA

Muito se ouve o discurso de que as polícias militares são instituições que possuem como princípios basilares a hierarquia e a disciplina, onde se defende o acatamento às normas e o respeito aos superiores hierárquicos. Até aí, nada mal, afinal, até mesmo as organizações privadas adotaram como modelo de eficiência este paradigma – ou alguém acha que uma empresa de sucesso permite desacatos e indisciplina por parte dos seus funcionários?

O que chama a atenção, entretanto, é que tal discurso, na maioria das vezes, é sustentado somente para justificar reforços negativos, enquanto é convenientemente esquecido quando se trata de reforços positivos. Em poucas palavras, quando o momento é de punir e repreender, surgem a hierarquia e a disciplina como valores fundamentais. Quando o momento é de fomentar a ascensão funcional e respeitar direitos, relativismos e flexibilidades aparecem.

Falando especificamente do cultivo da hierarquia, não há como mantê-la adequadamente sem que os policiais sejam promovidos aos postos e graduações nas épocas previstas. Manter por muito tempo um policial em determinado posicionamento funcional é atingir sua motivação, desrespeitar o trabalho prestado à instituição, e permitir a descrença no essencial da organização hierárquica.

No Brasil, há casos de PM’s em que policiais passam mais de vinte anos na mesma graduação, sem falar nas ocasiões em que alguns são privilegiados com promoções em tempos bem mais curtos que a maioria dos seus pares. Nada contra a premiação à excelência e aos destaques: o problema são as distorções que são apresentadas como se excelência e destaque fossem.

Este é um contraponto sempre necessário ao discurso do binômio hierarquia-disciplina: ele serve apenas para repreender ou faz parte do conjunto de valores institucionais, influenciando decisões inclusive no campo de valorização profissional?

ABORDAGEM POLICIAL

2 comentários:

  1. POLICIAL MILITAR DESMOTIVADO
    SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA

    Sem reajuste salarial
    E sem outras coisas mais
    Desde algum tempo atrás
    A desmotivação é geral
    Sem ascensão vertical
    E com inflação acumulada
    Com promoção atrasada
    E esse salário congelado
    Policial Militar desmotivado
    Segurança Pública ameaçada

    Pode fazer operação
    Colocar Polícia na rua
    Que a insegurança continua
    Causando preocupação
    O que falta é motivação
    Para os colegas de farda
    Que tem sua vida arriscada
    Se sentindo desprestigiado
    Policial Militar desmotivado
    Segurança Pública ameaçada

    Tenho amigo soldado
    Com 30 anos de profissão
    Sem receber promoção
    Ele foi aposentado
    Isso me deixa indignado
    Mas não posso fazer nada
    Mas com a classe desvalorizada
    O quadro só tem piorado
    Policial Militar desmotivado
    Segurança Pública ameaçada

    Enquanto não valorizar
    O policial honesto
    Vai sempre existir protesto
    E a insatisfação vai continuar
    Por isso quero findar
    E lhe dizer meu camarada
    Que a sociedade estar cansada
    De viver atrás dos cadeado
    Policial Militar desmotivado
    Segurança Pública ameaçada

    Por: Aldací Carreiro

    ResponderExcluir
  2. O QUE ACHO INTERESSANTE É O JOGO DE POLÍTICA E A FALTA DE CONSIDERAÇÃO COM OS QUE FAZEM O NOME DE ALGUNS, POIS BEM, ENTREI NA POLÍCIA EM 2000, OU SEJA, A 12 ANOS VI MUITOS ASPIRANTES HOJE SEREM CAPITÃES E FICO A PENSAR ELES ENTRARAM NA ACADEMIA PASSARAM SEUS 3 ANOS COMO CADETES E HOJE SÃO CAPITÃES E EU O QUE EU GANHEI NESSE TEMPO TODO, MUITAS VEZES HUMILHADOS POR PALAVRAS, SITUAÇÕES, SOCIEDADE E QUANDO TER A POSSIBILIDADE DE HÁ VAMOS TER UM CAFÉ DA MANHÃ EM HOMENAGEM A ISSO OU AQUILO E VER INFELIZMENTE MUITOS OFICIAIS SE RETIRAREM DO LOCAL POR NÃO FAZER PARTE DA ESCÓRIA MILITAR E DEIXAREM OS PRAÇAS SE DEGLADIAREM POR UM COPO DE SUCO, UM PÃO E OUTRAS COISAS, ENQUANTO EM SEUS GABINETES GRANDES BUFFET A DISPOSIÇÃO, BEM ISSO FOI SÓ UM DESABAFO QUE ME VEIO A MENTE, MAIS VOLTANDO AO ASSUNTO, O QUE PENSAR DISSO EM 12 ANOS VER UM FUNCIONÁRIO CONCURSADO ASCENDER EM CARGOS SEM AO MENOS FAZER NOVAS PROVAS CHEGAR A UM POSTO MAIOR AO INICIAL "SEM DESMERECER" E O PRAÇA NÃO PODER SAIR DO CARGO DE SOLDADO, FICA A QUESTÃO INICIAL: SERÁ QUE O DESCASO COMEÇA DENTRO DE CASA OU NO GOVERNO QUE ACHA QUE COM ISSO IRÁ AUMENTAR NA FOLHA DE PAGAMENTO OU AS DUAS COISAS.

    ResponderExcluir