POLICIAIS MILITARES DE PEDRA GRANDE NÃO TEM DIREITO A ALIMENTAÇÃO

O prefeito da cidade de Pedra Grande/RN informou aos policiais militares que trabalham nesta cidade que não iria oferecer alimentação.

Sendo assim, os policiais militares estão sendo obrigados a se deslocarem as suas residências para não ficar sem alimentação durante o serviço.

Até quando isso irá continuar existindo em nosso estado?

24 comentários:

  1. junta tudo e vai comer no batalhão..

    ResponderExcluir
  2. junta tudo e vai comer no batalhão..

    ResponderExcluir
  3. ESTADO DE CALAMIDADE PUBLICA, CHEGAMOS AO CUMULO DO RIDÍCULO, É POR ISSO QUE A POPULAÇÃO CHAMA O ESCRAVO MILITAR DE "PASSA FOME" COITADOS DESSES POLICIAS, ABANDONEM ESSA MERDA DESSA CIDADE E SE APRESENTEM NO COMANDO GERAL.

    ResponderExcluir
  4. E porque tem que depender do prefeito se trabalha pra o estado, se bem que o estado já paga aos pms pra trabalhar e se manter com os seus salarios, e o boia fria da construção civil não leva sua marmita? e ganha muito menos,porque será que o pm tem que ter a regalia de fazer suas refeições por conta do estado ou do prefeito? é mania de pm e pc tentar levar a melhor em tudo, sou pm mais faço minhas refeições onde,quando quero e com meu dinheiro, aquele que o gv me paga, se eu posso todos pode. Vamos deixar de ser pidão e ser realmente PM.

    ResponderExcluir
  5. CONTINUE ASSIM SEU MANÉ PAGANDO SUA REFEIÇÃO QUANDO ESTIVER DE SERVIÇO, SEU OTÁRIOOOOOOOOOOOOO !

    ResponderExcluir
  6. Se se manter por conta propria e não pedir nada a ninguem meu dignissimo asno,é ser otario, quando um prefeito da um ele quer dois, é o toma lá da car,depois voçês ficam se lamentando que não tem moral pra nada, como pode fica igual a passarinho comemdo na mão dos outros. è amigo justo nesse caso é melhor ser otário do que dever favor a prefeito, mais não nada contra a quem quer ser desmoralizado.

    ResponderExcluir
  7. Se se manter por conta propria e não pedir nada a ninguem meu dignissimo asno,é ser otario, quando um prefeito da um ele quer dois, é o toma lá da car,depois voçês ficam se lamentando que não tem moral pra nada, como pode fica igual a passarinho comemdo na mão dos outros. è amigo justo nesse caso é melhor ser otário do que dever favor a prefeito, mais não nada contra a quem quer ser desmoralizado.

    ResponderExcluir
  8. Não me leve a mal eriberto mas não é questão de querer levar vantagem em tudo, mas sim um direito que nos assiste. Vc entrou em outros ramos que vão desembocar em uma discussão mais profunda. Primeiro que este nosso salário não é um salário digno, mas claro se vc for um cara solteiro que mora com seus pais é outra história. Segundo que se um bóia fria não teve oportunidade de estudar pra estar no meu lugar e exigir do estado um direito, como ja dito antes, assegurado. Terceiro: Ninguem precisa trocar ofensas, se vc paga suas refeições bom pra vc, mas que vc tem direito a refeições pagas pelo estado isso vc tem, garanto a vc que nossa governadora tem total condição de bancar as refeições dela mas... Enfim concordo com vc quando diz que os prefeitos querem sempre nos ter em suas mãos, mas para evitar isto era só o estado cumprir com seu papel...

    ResponderExcluir
  9. ficou faltando a parte dos boias fria rsrsrs, depois de assegurado continuando: é problema dele e com certeza deve estar previsto no contrato de trabalho dele o não fornecimento de alimentação por parte da empresa. Pronto, foi mal a voada...

    ResponderExcluir
  10. A responsabilidade pela alimentação dos policiais militares de serviço é do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e não das prefeituras municipais, ou seja, o prefeito está certo de tal negativa, pois não é competência dele, se caso opte a fornecer é por cortesia ou gratidão, mas não por obrigação.

    ResponderExcluir
  11. Não sou solteiro nem moro na casa de papai, só não gosto e nem aceito ninguem impedindo que eu faça meu serviço porque me dar um prato de comida, isso é se vender amigo e cinceramente os comandantes de destacamentos já vão pra os DPMs pensando em gratificação da prefeitura essa é a verdade,ou vc não sabe o que diz ou quer se fazer de bobo, sem querer ofender.

    ResponderExcluir
  12. Concordo com alguns comentários, agora realmente quando um prefeito assume o papel do estado, claro que ele que algo em troca,é por isso que estar ai a verdadeira desmoralização da nossa gloriosa PM, sou PM desde 1993 e de lá pra cá nunca trabalhei em cidades de interior, no caso em destacamentos que o estado desse nossa refeição, deixando por conta da prefeitura, que é justamente para o prefeito ter seu poder arbitrário de mandar na Polícia da sua cidade, aquele PM que tentar trabalhar ccontra as normas do gestor local, com certeza será transferido, isso porque o prefeito fala logo com o Sgt CMT do Dest. e diz que aquele PM não dar certo no dest.e claro que na maioria deles o Sgt tem uma boa gratificação para ficar debaixo da saia do prefeito, agora digo isso não sou com os Sgt e com os Cmt de Cia e Batalhão tmb, agora chegue um e desses e diga que é minha mintira, muita das vezes deixa de acreditar na versão do PM para acreditar na do politico, ISSO É UMA VERGONHA E VAI DEMORAR PARA ACABAR, acho que vou para reserva e não vejo o fim disso. Obrigado.

    ResponderExcluir
  13. Concordo com alguns comentários, agora realmente quando um prefeito assume o papel do estado, claro que ele que algo em troca,é por isso que estar ai a verdadeira desmoralização da nossa gloriosa PM, sou PM desde 1993 e de lá pra cá nunca trabalhei em cidades de interior, no caso em destacamentos que o estado desse nossa refeição, deixando por conta da prefeitura, que é justamente para o prefeito ter seu poder arbitrário de mandar na Polícia da sua cidade, aquele PM que tentar trabalhar ccontra as normas do gestor local, com certeza será transferido, isso porque o prefeito fala logo com o Sgt CMT do Dest. e diz que aquele PM não dar certo no dest.e claro que na maioria deles o Sgt tem uma boa gratificação para ficar debaixo da saia do prefeito, agora digo isso não sou com os Sgt e com os Cmt de Cia e Batalhão tmb, agora chegue um e desses e diga que é minha mintira, muita das vezes deixa de acreditar na versão do PM para acreditar na do politico, ISSO É UMA VERGONHA E VAI DEMORAR PARA ACABAR, acho que vou para reserva e não vejo o fim disso. Obrigado.

    ResponderExcluir
  14. prefeitos gosta com coiza se futuro e alega refeição a quem presta segurança au seu municipio e um abisurdo.

    ResponderExcluir
  15. isso é em varias cidade do rn, quem duvida ?

    faça um pesquisa ou uma enquete em algum blog.

    ResponderExcluir
  16. Isso!! Faça uma enquete que certamente vai descobrir que cerca de 30 por cento ou mais das cidades do RN os PMs não recebem alimentação do Estado nem ajuda dos municípios nesse intuito.

    ResponderExcluir
  17. Isso!! Faça uma enquete que certamente vai descobrir que cerca de 30 por cento ou mais das cidades do RN os PMs não recebem alimentação do Estado nem ajuda dos municípios nesse intuito.

    ResponderExcluir
  18. Existe um convênio entre a secretaria de segurança publica o os municípios do interior onde a prefeitura fornecerá meios de manter o serviço de segurança pública, nesse convênio esta inserido a alimentação, onde o policial que muitas vezes tem que se deslocar mais de 100km pro local de trabalho possa tirar seu plantão, infelizmente existem praças como esse mal informado ai que deve ser muito bitolado e desinformado, parece que ele é do tempo da pedra, deve ser dele que o jornalista da época se referia quando fez uma materia sobre a Nossa Gloriosa Instituição "POLICIA MILITAR", agradeço a todos os que puderem informar a esse praça que hoje vivemos na era da informação

    abraço

    PM que esta com fome

    ResponderExcluir
  19. Existe um convênio entre a secretaria de segurança publica o os municípios do interior onde a prefeitura fornecerá meios de manter o serviço de segurança pública, nesse convênio esta inserido a alimentação, onde o policial que muitas vezes tem que se deslocar mais de 100km pro local de trabalho possa tirar seu plantão, infelizmente existem praças como esse mal informado ai que deve ser muito bitolado e desinformado, parece que ele é do tempo da pedra, deve ser dele que o jornalista da época se referia quando fez uma materia sobre a Nossa Gloriosa Instituição "POLICIA MILITAR", agradeço a todos os que puderem informar a esse praça que hoje vivemos na era da informação

    abraço

    PM que esta com fome

    ResponderExcluir
  20. Citar informações sem fontes e nada é a mesma coisa, mera falácia!

    Já educação é tudo.

    Este espaço não serve para alfinetar ninguém, tem cunho eminentemente informativo e educativo, portanto, reveja suas expressões, seja mais educado da próxima vez.

    A competência originária é sim de fato do governo do RN,pois as policias civil e militar são forças estaduais e não municipais. Porém há sim essa possibilidade se haver um convênio entre Estado e Municípios nesse sentido, o que seria muito interessante devido a esses motivos que já foram mencionados.

    Alguém sabe informar que convênio é esse? Número? Ano? Vigência? Aplicabilidade etc? para que possamos executá-lo e não ficar falando bobagens?

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  21. JUMENTO,BURRO OU ASNO É VOÇE QUE FICA GASTANDO TEU DINHEIRO COM REFEIÇÃO,O ESTADO OU MUNICÍPIO TEM OBRIGAÇÃO DE PAGAR AS REFEIÇÕES DOS POLICIAS,QUEM PAGA A REFEIÇÃO É A PREFEITURA COM DINHEIRO DO COFRE PUBLICO E NÃO O PREFEITO SEGURANÇA É RESPONSABILIDADE DE TODOS.NÃO TENHO RABO PRESO COM NINGUÉM,NÃO DEVO FAVOR A NINGUEM E NEM TÃO POUCO SOU DESMORALIZADO.

    SEU ASNOOOOOOOOOOO ! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK !

    ResponderExcluir
  22. Pra se ver como é, e ainda diz que é JUSTO?,eu apenas quis dizer que quem dar quer receber, mais tudo bem pode falar a vontade, "JUSTO" mais eu não troco minha dignidade por um prato de comida, mais não tenho nada contra a que o faz. Quanto ao "CONVÊNIO" Senhor ADILSON CAVALCANTE, na verdade só existia no papel, porque a prefeitura não recebia nada, só despezas por isso estar havendo o que estar, quaquer Sgt que delegou por portaria sabe disto. Amigo justo se lhe ofendi, peço-lhe desculpas não foi a minha intenção, não quis ser grosseiro apenas só quis explicar que o que alguns prefeitos ainda fornecem para policiais em alguma cidade não é mais do que "CORRUPÇÃO" ou seja lá o que querira chamar, para facilitar a compra de votos é o famoso "TU PRENDE,EU SOLTO,SE NÃO SOLTAR TE BOTO PRA TROMBA DO ELEFANTE" entendeu?, mais eu não entro nessa,vou continuar pagando minha comida, se for preciso, mesmo vc me chamando de otario ou do que vc quiser, não me faz diferênça.

    ResponderExcluir
  23. Companheiros por que este nível num assunto tão fácil de discutir: 1º) É obrigação do Governo (Municípal, Estadual e Federal) arcar com as despesas (alimentação, vestuário, transporte e/ou saúde) inerentes ao seu pessoal;
    2º) Alguns integrantes de nossa Corporação por muitas vezes se tornam voluntários para prestarem serviços nos municípios, muitos em busca de alguma vantagem financeira, isto independente de ser Praça e/ou Oficial;
    3º) Realmente existe um Convênio que se o Gestor Municipal tiver interesse ele firma com a Secretaria de Segurança Pública Estadual, no entanto, ao firmar o Convênio, este é Publicado no Diário Oficial do Estado, o principal ato da publicação dar-se apenas para que o Gestor possa justificar os gastos (Alimentação e Moradia)para com os Policiais Civis e Militares, sabendo que a moradia é para o Delegado ou Cmt do Pelotão e/ou Destacamento, não para os demais integrantes do quadro, nem para que se justifique o pagamento de qualquer gratificação;
    Por fim, muitos destes Gestores firmam o convênio e não cumprem com sua obrigação, tornando o ato uma forma de desviar verbas amparado junto ao TCE.
    Enfim, como já escrevi, se alguém vai para um Pel ou DPM a maioria das vezes é voluntário, se assim não for, e ao chegar naquela Unidade ver que não são oferecidas condições minimas para se prestar seu serviço,acione o Minitério Público relatando o caso, e posteriormente peça seu recolhimento ao BPM e/ou Cia de origem, pois, se sabemos que é obrigaçião do Governo Estadual em arcar com as condições para se trabalhar, e o Prefeito não tem o minimo interesse em ajudar é sinal que ele não que Segurança no município. Quanto ao ERIBERTO, embora não o conheço, parabenizo o mesmo por sua decisão, e quem dera todos pudessemos seguir este exemplo, entretanto, a maior parte da tropa se espelha nos seus superiores (Praças e Oficiais), e realmente não só os Prefeitos, mas, os Vereadores e Presidentes de Sindicatos e/ou Conselhos Comunitário tem voz e são os únicos que falam a verdade, deixando-nos sem crédito junto aos que exercem o Comando das Unidades. Fatos que comprovam que a falta de preparo é grande.

    ResponderExcluir