MÊS DE ABRIL FOI MARCADO PELA VIOLÊNCIA EM MACAÍBA

A cidade de Macaíba ficou assustada com a quantidade de casos de violência que ocorreram neste mês de abril.

E não faltaram motivos, pois ocorreu tiroteio, homicídios, tentativa de homicídios, estupros e vários assaltos.

TIROTEIO E HOMICÍDIO
Logo no inicio do mês, precisamente na sexta-feira santa, um tiroteio que começou na morada da fé terminou no centro da cidade, na Rua Professor Caetano, com a morte de um vagabundo que se passava por taxista. O fato repercutiu na imprensa de todo o estado.

TIROTEIOS
Na segunda semana começou a surgir na cidade o acontecimentos de alguns estupros, como também a ocorrência de vários tiroteios na Rua Eloi de Souza, próximo a praça de Chico Sebo.

HOMICÍDIOS
Na terceira semana, foram assassinados um pedreiro no Rio da Prata e um jovem em Areia Branca, como também, começaram a surgir novos relatos de estupros.

ESTUPROS E HOMICÍDIO
No inicio da quarta semana, o assassinato de uma mulher, possivelmente vitima de violência sexual, deixou a população apavorada. Pois fortaleceu a existência de um maníaco que além de estuprar estaria matando as suas vitimas.

ASSALTOS
É importante também dizer que durante todas estas semanas ocorreram vários assaltos, seja durante o dia ou à noite. Como mostra o depoimento a seguir:

“No inicio do mês fui assaltado quando chegava da faculdade, às 23:00 horas, no centro da cidade, da rodoviária até minha casa passo por vários pontos de assalto. E no último dia 19 fui assaltado em plena luz do dia por dois jovens de bicicletas. Posso afirmar com certeza que em nenhum lugar de Macaíba estamos seguros”, Maxson Savelle, 23 anos, estudante do curso de produção cultural – IFRN.

MOBILIZAÇÃO
Esses acontecimentos provocaram uma mobilização nesta última sexta-feira, 27, um grupo de macaibenses se concentraram em frente à Escola Estadual Dr. Severiano e caminharam até a BR-304, ao chegar na ponte do Rio Jundiaí bloquearam o trânsito e tocaram fogo em vários pneus e na sucata de um carro. O trânsito ficou bloqueado por cerca de 01 uma hora.

O objetivo da mobilização foi chamar a atenção das autoridades estaduais sobre o aumento da violência e a insegurança no município, cobrando melhorias na segurança e a prisão do estuprador que apavora a cidade.

CÂMARA MUNICIPAL
Na ultima sessão da Câmara Municipal de Macaíba, que ocorreu no dia 26, o vereador Eduardo Santos (O Rodo) declarou que não existe segurança na cidade e que teria mantido contado com o subsecretário de Segurança do estado para que fossem tomadas providências imediatamente, pois Macaíba está entregue a marginalização.

PERSPECTIVAS
Caso não ocorram um aumento de efetivo policial militar e alguém entregando de bandeja o maníaco da motocicleta a Policia Civil, a violência continuará existindo na cidade de Macaíba, a população continuará se sentindo insegura e o maníaco irá estuprar novas vítimas.

“Não estou sendo pessimista, estou sendo realista. O otimismo só irá chegar quando o investimento na segurança pública de Macaíba começar a acontecer.”

2 comentários:

  1. tantas violência em nossa cidade , todos politico fala , fala e nada mudar, á população não aguenta mas .

    ResponderExcluir
  2. tenho certeza que se fossem convocados os policias civil ,policias militares acredito que melhoraria um pouco á nossa segurança.

    ResponderExcluir