LÍDER DA GREVE DA PM, MARCO PRISCO É LIBERADO DE PRISÃO EM SALVADOR

O ex-PM Marco Prisco, líder do movimento grevista que ocupou o prédio da Assembleia Legislativa por 10 dias, saiu do Complexo Penitenciário, no bairro de Mata Escura, na tarde desta sexta-feira (23) para responder às acusações e formação de quadrilha e destruição do patrimônio público em liberdade.

Policiais militares também aguardam a liberdade em cumprimento ao alvará de soltura dos grevistas presos e, segundo informações de companheiros de Prisco, uma comissão foi formada para analisar possíveis irregularidades no processo e na prisão dos PMs.

Prisco foi preso no dia 9 de fevereiro, no mesmo dia em que os policiais desocuparam a Assembleia Legislativa depois de cerca de 10 dias de ocupação.

A decisão de abandonar o prédio ocorreu após o líder grevista Marco Prisco ter sido flagrado conversando grevista e tratando de ações de intimidação como queima de viaturas e fechamento de rodovias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário