"FOI QUEIMA DE ARQUIVO" MAJOR FLORÊNCIO

"Foi queima de arquivo. Eu não tenho a menor dúvida. No momento do homicídio o João Bomba [João Maria Belo da Silva] passava informações à ROCAM sobre as 'bocas de fumo'. Estávamos prestes a realizar uma grande operação e essas informações eram fundamentais. Estamos todos na rua, até os policiais de folga para prender os responsáveis." Major Florêncio, comandante da ROCAM.

2 comentários:

  1. Prender?

    Esses bando de estrumes não pensaram duas vezes antes de dizimar meu irmão então a LEI DO CÃO PREVALECE OLHO POR OLHO DENTE POR DENTE.....esses cabas de péia devem logo se encontrar com satanás

    ResponderExcluir
  2. VALEU MEU MESTRE MAJOR FLORENCIO QUE DEUS SEMPRE ESTEJA AO SEU LADO GRANDE COMANDANTE UM GRANDE ABRAÇO DO AMIGO CB VASCONCELOS

    ResponderExcluir