CABO JEOÁS LIVRE

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) concedeu ontem um habeas corpus ao cabo Jeoás Nascimento, preso há 37 dias, durante a greve dos policiais militares da Bahia. De acordo com o advogado da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar (ACSPM-RN), Jonas Benício, o cabo, que está preso no Bope da estrada da Redinha, deve ganhar a liberdade provisória a partir das 8h de hoje.

“A rigor, ele deveria ter sido solto com a decisão do TJ-BA. Agora é só esperar o trâmite burocrático”.

Cabo Jeoás também ganhou um alvará de soltura da Auditoria Militar do Estado da Bahia. De acordo com a assessoria jurídica da ACSPM, aquela entidade não teria competência para manter preso um militar de outro estado. A prisão de Jeoás havia sido decretada há 41 dias, mas ele se apresentou ao Comando da Polícia quatro dias após a publicação do decreto.

NOVO JORNAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário