SOLDADO PRISCO NÃO ABRE MÃO DA ANISTIA E DA GRATIFICAÇÃO POR ATIVIDADE DE POLICIA

O presidente da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra), Marco Prisco, que mobiliza o movimento, informa que não abre mão de dois itens da pauta de reivindicação: a anistia criminal dos policiais militares que participam da greve e o pagamento da Gratificação por Atividade de Polícia V (GAP).

Os demais pontos, como o pagamento da GAP IV e a regulamentação de remuneração fruto de auxílio acidente, além de periculosidade, insalubridade, criações do código de ética e do plano de cargos e salários, segundo ele, devem ser ser negociados por uma comissão de diálogo permanente com o governo.

GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário