"SE ANISTIAR, AÍ VIRA UM PAÍS SEM REGRA" DIZ DILMA SOBRE PMs

DILMA ROUSSEFF
Dilma Roussef se mostrou categoricamente contra a anistia dos policias grevistas da Bahia. Em rápida entrevista ao vistoriar obras da ferrovia Transnordestina, em Parnamirim, sertão pernambucano, a 561 quilômetros do Recife, a presidente disse que não se pode anistiar crimes e atos ilícitos.
— Por reivindicar, as pessoas não têm de ser presas nem condenadas, mas por atos ilícitos, por crimes contra o patrimônio, crimes contra a pessoa e contra a ordem pública, não pode ser anistiado — disse — Se anistiar, aí vira um país sem regra — concluiu.
A presidente afirmou que o Brasil tem atualmente uma visão de garantia da lei e da ordem muito moderna.
— Nós não consideramos que seja correto instaurar o pânico, instaurar o medo e criar situações que não são compatíveis com a democracia. Não concordo em alguns casos, de maneira alguma, com processo de anistia que parece sancionar qualquer ferimento da legalidade, não concordo e não vou concordar — enfatiza.
NA PRÁTICA É OUTRA!
Segundo ela, numa democracia sempre se tem que considerar legítimas as reivindicações, mas há forma de reivindicar.
— Não considero que aumento de homicídios na rua, queima de ônibus, entrada em ônibus encapuzados, sejam uma forma correta de conduzir o movimento — acrescentou ela, que disse ter ficado "estarrecida" ao assistir as gravações entre líderes de movimentos da Polícia Militar divulgadas pela TV Globo na noite de ontem.

— Há outros interesses envolvendo toda essa paralisação — completa.
A presidente disse aguardar com muita expectativa o desenrolar de todos os acontecimento e garantiu que o governo federal vai agir prontamente com suporte e apoio aos governadores sempre que eles peçam.
— Em os governos solicitando, terão presença garantida do governo federal em todas essas questões — finaliza.
Os policiais militares baianos decidiram continuar em greve mesmo após a desocupação da Assembleia Legislativa, em Salvador, no início da manhã desta quinta-feira. Centenas de PMs reuniram-se em um ginásio pertencente ao sindicato dos bancários, localizado na Ladeira dos Aflitos, no bairro Campo Grande.

O grupo pede anistia total e imediata a todos que participaram da mobilização e revogação da prisão preventiva a 12 líderes do movimento — dos quais cinco já foram detidos. Além disso, eles querem o pagamento imediato da Gratificação de Atividade Policial (GAP) 4.

Para eles, o fato do líder da revolta, o ex-policial Marco Prisco, ter se entregado não significa uma derrota.

O grupo espera juntar, até o final do dia, 3 mil manifestantes no ginásio.

8 comentários:

  1. muito bom ouvir isso da boca de uma guerrilheira,sequestradora e assaltante de banco......É as pessoas esquecem dos seus atos com o passar dos anos.... e agora IMPERA A DEMAGOGIA!!!!! ADIANTE DILMMA E RITA LEE esse é o futuro do BRASIL!!!! A DITADURA ESTA COMEÇANDO COM A DEMOCRACIA PETISTA RSRSRSRS É PRA RIR

    ResponderExcluir
  2. e muito engraçado, quando nossa presidente era militante e lutava entre aspa pelos seus indeais,sequestrou fez barderna etc, que conhercer o homem der poder a ele

    sgt Abelardo

    ResponderExcluir
  3. Defender um pai de família que reinvidica um miserável aumento para conseguir sobreviver a "Dilminha" não defende não, agora um politico ladrão, corrupto ela sabe defender é tudo farinha do mesmo saco...

    ResponderExcluir
  4. Até parece que o país tem regra, um bando de politico ladrões e corruptos é UMA PAIDA...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

    ResponderExcluir
  5. Ela esquece que foi anistiada de crimes de homicídio, sequestros e roubos a banco, sem contar com formação de quadrilha.

    ResponderExcluir
  6. Durante o regime militar, a "excelentissima" presidente "expropriou" dinehiro publico, sequestrou e com seus colegas foi aos tribunais ser juldada, além de causar as desordem publicas, mas em 84 lutou pela anistia, pois tratava-se de uma revolução, agora joga pelo ralo tudo que um dia defendeu, agora, ela que era para ser "excelente" não passa de um pensamento mediocre. Oc companheiros tem que ser anistiados, pois nada mais fizeram que defender o pão de cada dia de suas familias.

    ResponderExcluir
  7. Sou Policial Militar de Caicó no Rio Grande do norte---------Temos que mostrar o companherismo aos colegas de todo o Brasil, pois é questão de hora, termos um piso salarial, palno de carreira e independencia finceira para que as policias militares não fiquem pedindo migalhas aos governos e ao mesmo tempo brigando para saber quem vai assumir o cargo de comando geral das corporações... um abraço forte e fiquem com deus...vamos a luta e estamos juntos !!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. ESSA MÚSICA EU RECOMENDO.GABRIEL O PENSADOR-PEGA LADRÃO-É A CARA DOS POLITICOS BRASILEIRO.

    ResponderExcluir