PRISCO É PRESO E LEVADO PARA O QUARTEL DO EXÉRCITO EM SALVADOR

Marco Prisco, principal articulador da paralisação e presidente da Aspra (Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia), e Antônio Paulo Angelini foram presos e encaminhados de helicóptero para as instalações da Polícia do Exército na capital baiana. Eles foram os últimos a deixar o prédio.

Segundo o tenente-coronel Márcio Gilberto Barbosa da Cunha, Prisco não fez exigências e a única coisa que pediu foi para deixar o local pelos fundos e em segurança. A Polícia Federal busca ainda outros sete policiais com mandados de prisão decretados. Eles não estavam no prédio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário