GOVERNO DA BAHIA NÃO FAZ NOVA PROPOSTA, E PARTE DA PM MANTÉM GREVE

O governador da Bahia Jaques Wagner não apresentará uma nova proposta aos PMs em greve, segundo informou a assessoria do governo do estado na noite desta quinta-feira (9). De acordo com a Secom, não há orçamento para ceder um aumento superior aos 6,5% propostos. O pagamento das Gratificações por Atividade Policial, as chamadas GAPs, que estão entre as reivindicações dos grevistas, também só poderão ser pagas a partir de novembro deste ano.

Embora a Assembleia Legislativa tenha sido desocupada nesta manhã após a permanência de grevistas desde o dia 31 de janeiro, a greve foi mantida durante todo o dia e até as 20h30 não tinha previsão de acabar. Policiais vinculados à Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra), grupo que liderava a ocupação, passaram o dia reunidos no Sindicato dos Bancários, no Largo dos Aflitos, em Salvador. Por volta das 20h os policiais deixaram o local cantando 'A PM parou' e 'Uhu, a greve continua'. Após a manifestação, o grupo se dispersou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário