COM 24 ANOS DE SERVIÇO, POLICIAL MILITAR É "APOSENTADO" COMO SOLDADO

por Soldado Glaucia

O Diário Oficial do Estado publicou a transferência “ex-offício” para os quadros da reserva remunerada da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte de um Soldado PM que ingressou no ano de 1988 na PMRN.

O Soldado foi transferido para a reserva remunerada por atingir a idade limite de permanência no serviço ativo da PMRN. Com 51 anos de idade e 24 anos de serviço ativo na Polícia Militar, o PM foi transferido com soldo integral de Soldado PM, incorporando algumas vantagens asseguradas.

Seria uma simples transferência para a reserva, caso não se observasse o fato de que se tratava de um Soldado PM com 24 anos de serviço dedicado à Polícia Militar e à sociedade potiguar. Vinte e quatro anos de dedicação sem ao menos uma promoção à graduação superior.

A “aposentadoria” do militar como Soldado PM, mesmo após a dedicação integral ao serviço nesses 24 anos, reflete a falta de perspectiva dos policiais militares do Estado em galgar uma promoção, apesar do Decreto nº 7.070/77 estabelecer como uma das condições para promoção a graduação de Cabo PM o Soldado possuir, no mínimo, quinze anos de serviço.

Infelizmnte, este não será o primeiro caso de um Soldado da Polícia Militar ser transferido para a Reserva Remunerada na mesma graduação em que incorporou nos quadros da PMRN, e acreditamos que também não será o último, o que desestimula ainda mais os que ainda fazem parte dessa Corporação detentora de 177 anos de história.

7 comentários:

  1. Essa deve ser uma das causas da nova gestão, e não viajar para Bahia! Pq o Estado no qual devemos lutar pelo nossos direitos é o RN! Torço pela unificação da classe um dia!

    ResponderExcluir
  2. Simplismente, uma vergonha. Comentar mais o quê?

    ResponderExcluir
  3. È a cara da hipócrisia que existe na ARCAICA, ANTIGA,ATRASADA,DESUMANA pm ainda vem com história de comemorar os 177 anos de fundação,o que falta na "gloriosa" é vergonha dos que gerem somente...tenho visto ultimamente na atual gestão o desejo de mudança graças a Deus pelo menos chegou um com pelo menos com o discurso melhor pois o que passaram foram simplesmente um atraso para os soldados, agora o cel. araújo perdeu uma grande oportunidade de começar a mudar essa triste realidade dentro desta atrasada corporaçaõ...

    ResponderExcluir
  4. Estou no mesmo caminho, 7 anos soldado e eu brinco?

    ResponderExcluir
  5. DEVERIA-MOS NÃO ASSUMIRA MAIS FUNÇÕES ESPECIFICAS DE GRADUADOS. "exemplo" CMT DE VTR (MISSÃO DE SGT OU CB), RESERVA DE ARMAMENTOS (MISSÃO DE CB)E NA SEARA ADM EXISTEM MUITOS MILITARES QUE TRABALHAM EM ATIVIDADES DE INERENTES A GRADUADOS(Basta ver os BI, EM BATALHÕES A ATIVIDADE LOGISTICA EXISTE SEMPRE UM SOLDADO...
    DESTA FORMA A POLITICA DE CADA UM NO SEU QUADRADO FARIAS COM QUE OS GESTORES DA PM ATENTASSEM MAIS PARA O QUE ESTA ACONTECENDO....

    ResponderExcluir
  6. São duas policias, a dos praças e a dos oficiais... veja se tem algum tenente QOPM indo pra reserva com mais de 24 anos?? Não tem! pois com esse tempo ele já está promovido no minimo a Tenente Coronel. em alguns casos sem nunca irem a rua para não se enrolar e todos os anos eles esperam suas promoções e mais cedo ou mais tarde sai e nós?? Alem de tudo eles só fazem um unico concurso CFO e pronto é carreira garantida...Só esperar o tempo passar kkk... Enquanto o praça coitado, entra ano e sai ano e nada de promoção nem concurso. Essa policia é mesmo dos Oficiais nós somos apenas um mero numero só. Eu ainda parabeniso os conpanheiros que mesmo com todas essas dificuldades e sabendo qual será seu futuro na PM se doam e trabalhão, são os verdadeiros herois parabens...

    ResponderExcluir
  7. se existe o decreto ele pode entra na justiça pra receber remuneração de cabo

    ResponderExcluir