BAHIA: ENERGIA DE ASSEMBLEIA OCUPADA POR PMs É CORTADA

O governo baiano, com o apoio das tropas federais, iniciou, na noite de domingo (5), a tentativa de desocupação da Assembleia Legislativa, em Salvador, onde policiais militares grevistas acampam, junto com as famílias, desde terça-feira (1º), e de cumprimento de 11 mandados de prisão expedidos pela Justiça baiana contra os líderes do movimento, que estão no local.

O abastecimento de energia elétrica no local foi cortado, por volta das 19 horas, e as tropas federais fizeram incursões no entorno do prédio, usando, entre outros veículos, os blindados Urutu do Exército, que chegaram ontem à cidade, e helicópteros. A iluminação de alguns pontos do prédio e dos holofotes instalados do lado externo é mantida por geradores de energia, usados para casos de emergência.

Os policiais grevistas dizem não querer confronto com as tropas do Exército ou com os 40 integrantes do Comando de Operações Táticas da Polícia Federal (PF), que chegaram ontem a Salvador para cumprir os mandados de prisão, mas avisam que vão responder eventuais atos de violência com violência.

R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário