INJUSTIÇA: OS 824 SUPLENTES NÃO SERÃO CONVOCADOS

Governadora afirma em entrevista que suplentes da PM não serão convocados

A maneira enfática de falar da Governadora Rosalba Ciarlini anunciou o fim do sonho dos suplentes da PM. Ao conversar ao vivo com Suerda Medeiros, na Rádio Caicó, o assunto da nomeação veio à baila e ela afirmou: “E foi uma decisão da justiça. E justiça não se discute. Se cumpre”.

O concurso de 2005 possuía como prazo de validade a data de 10 de janeiro de 2011. Entretanto, o Despacho assinado pelo ex-governador Iberê Ferreira de Souza, no dia 29 de Dezembro de 2010, autorizou a convocação dos candidatos considerados aptos na 1ª Etapa (que consistia em exame intelectual no Concurso Público de 2005 para soldados da Polícia Militar) a realizarem Exame de Avaliação de Saúde e Condicionamento Físico, que fazem parte da 2ª etapa.

Embora o Despacho do ex-governador alertasse para a observação das cautelas legais e as disposições da Lei de Responsabilidade Fiscal, esse documento gerou expectativa em mais de 1 mil candidatos, e assim, os aprovados na 2ª Etapa, que aconteceu no período entre os dias 10/01 – 15/02/2011, continuariam em direção ao Curso de Formação de Soldados.

Infelizmente, como se nota na data para o início do exame físico, ela coincide com o prazo de validade do concurso, portanto, se as etapas já estivessem concluídas nessa data, ou pelo menos iniciado o curso de formação, eles ainda teriam uma chance, mas como a data da 2ª Etapa fora quase intempestiva, desde o início não havia chance. Outra vertente acredita, que como a convocação se deu no dia 31/12/2010, ainda cabe recurso junto ao STF, inclusive com indenização aos concursados. Vejamos até onde os suplentes levarão essa luta.

Conforme afirmação do atual secretário de Estado da Defesa e Segurança Social, Aldair da Rocha, o Governo do Estado realizará novo concurso público e curso de formação de policiais em 2012.

Segundo o secretário, o planejamento relacionado à segurança pública do Rio Grande do Norte que foi apresentado à governadora Rosalba Ciarlini, prevê ações na área até 2014. “Temos o planejamento de aumentar o efetivo policial até 2014, mas queremos reforçar o efetivo em 500 novos policiais no próximo ano”, disse Aldair da Rocha, se referindo ao ano de 2012.

Assim, se qualquer esperança que havia para os suplentes, inclusive de que fossem chamados para participar de um curso de formação juntamente com os novos concursados, por enquanto essa esperança parece ter desaparecido, mas que eles não percam suas esperanças e continuem na luta pela sua integração na força policial militar.

9 comentários:

  1. francamente não acho injusto.pra mim,os SDs 2006 é que são merecedores,pois foi quem passou dentro das vagas.os 2007,2009,2010 agradeçam a um concurso mal elaborado,como o cfo(que a turma dos 40 primeiros,já são 1ºs tenentes,e ainda tem aluno oficial,do mesmo concurso).se é injusto com 824 que se dizem "suplentes",imagina a injustiça com os milhares de jovens que estão estudando pra entrar na PM,e não podem por causa dessa rebarba. e o que mais me indigna,é ver uns 2010 falando mal da corporação(que não os queria, e que os mesmo brigaram na justiça,pediram voto pra iberê,puseram faixas,só faltou vender a alma pro diabo)e muitos só falam em se "esconder".

    ResponderExcluir
  2. a justiça so se cumpre quando convem a nossa "tao amada" governadora!

    ResponderExcluir
  3. Já que é para se cumprir o que ajustiça então é bom lembrar a Governadora que cumpra o que a justiça determinou quanto a carga horária dos PM's que será de 40 hs semanais e que ela envie um projeto de lei garantindo estas 40hs pra sempre, pra que num futuro próximo não queira mudar nossa escala, ja que temos policiais trabalhando 240 no mês 24x48 e outros trabalhando 100hs mês (expediente)5horas x 20dias, tirando os feriados.

    ResponderExcluir
  4. Amigos suplentes; não quero ser maniqueísta,mas só o fato de serem "suplentes" já os coloca em segundo plano.
    Desejo a todos que continuem estudando e melhorando seu desempenho em concursos públicos, se entrarem no Portal do Concurseiro verão que existem muitas oportunidades, e algumas bem melhores que a PM RN; sendo assim, não desanimem e esqueçam esse famigerado concurso de uma vez por todas.
    BOLA PRA FRENTE!!!!

    ResponderExcluir
  5. É triste e lamentável a não convocação desses suplentes,conheço alguns deles e sei que seriam ótimos policiais e caro DEJANANTECOI, A policia estar cheia de jovens talvez como você e que não tá nem aí para a corporação, cheios de direitos e esquecendo dos deveres.

    ResponderExcluir
  6. ESSE ANO VAI TER VÁRIOS CONCURSOS,INSS,CAIXA ETC.... ESSES PESSOAS AINDA FICAM QUERENDO ENTRAR A FORÇA NA PM.OLHA NÃO EXISTE SÓ CONCURSO PARA PM,EXISTE OUTROS TAMBÉM,ENTÃO É MELHOR ESSES CHAMADOS SUPLENTES IREM PROCURANDO OUTRAS OPORTUNIDADES,POIS A VIDA CONTINUA.

    ResponderExcluir
  7. Pâmela
    Se realmente o concurso está com prazo preescrito não resta mais nada a fazer infelizmente, recorrer ao STF só para ter mais frutações não é o certo a se fazer, o que os concursados deveriam fazer era entrar com uma ação de danos morais e materias contra o Governo do Estado, tendo em vista a "expectativa de direito" que geraram nos mesmos, pois eles chegaram a realizar até os testes fisicos, coisa que não devia ter acontecido, pois o prazo já estava para vencer sendo notório não daria tempo de concluir todas as etapas necessárias, assim errado procedeu o Estado em tal convocação, gerando grande expectativas. Parece-me que até alguns deixaram os empregos visando a futura e frustada nomeação.
    Fico muito sensibilizada com os concursados, pois isso que eles passaram foi um desrespeito por parte do Estado, gerar expectativas e depois derruba-lás.

    ResponderExcluir
  8. caros companheiros, essa situação só acontece nesse estado e na PM RN, onde todos os suplentes se acham no direito de serem chamados, o concurso previa 1000 vagas e o estado já chamou mais de 4000 candidatos e querem que chamem todos é mole, caros suplentes dos suplentes, vão estudar mais um pouco e passar dentro das vagas, boa sorte a todos os suplentes, e que a PM abra um novo concurso para soldado.

    ResponderExcluir
  9. concordo com voçe danilo.eles querem entrar a força,e não tem direito,é fato.e nina voçe diz que seriam bons policiais,voçe é uma pra ter essa certeza?sabes o quê da atividade policial?vi um 2009 chegar na minha cia vibrando,parecia um louco dirigindo as viaturas(pra mostrar que é desenrolado)e não durou 3 meses,e já tá no QCG escondido.e pra seu governo,sou um soldado,tenho poucos direitos e muitos deveres!

    ResponderExcluir