ACS GARANTE LEGALIDADE NAS VENDAS DAS CARTELAS

Cabo Queiroz, Diretor ACS-PM/RN
A Associação dos Cabos e Soldados (ACS) da Polícia Militar do Rio Grande do Norte garante que todas as ações realizadas pela instituição são amparadas legalmente pelas leis.

O cabo Queiroz, que é um dos diretores da ACS, afirma que os doadores recebem esclarecimento sobre os fins daquela arrecadação financeira. ‘Na cartela é informado que é da ACS e o pessoal explica como é realizado o sorteio’, explica o policial militar.

Queiroz acrescenta ainda que os comandantes dos Batalhões da PM no interior são avisados com antecedência sobre a realização desses sorteios.

“Só contribui quem quer; é uma ajuda”, garante o diretor da Associação, reforçando que não é feita nenhuma promessa de favorecimento pessoal para quem resolva contribuir, tipo maior presença da Polícia Militar no estabelecimento do dono que tenha participado.

“A pessoa faz uma doação e em troca participa do sorteio”, destaca Queiroz, lembrando que já houve empresas premiadas em Mossoró noutros sorteios realizados pela entidade.

Queiroz lembra ainda que a cartela entregue aos doadores contém todas as informações necessárias. No panfleto, não existe realmente nenhuma alusão à Polícia Militar, em específico. Eles afirmam que o dinheiro será revertido “na reforma e abertura de novas regionais no interior do Estado”.

O último sorteio foi feito no dia 11 de dezembro do ano passado, data que foi comemorado o aniversário da ACS, em Natal.

JORNAL DE FATO

Nenhum comentário:

Postar um comentário