PM REGISTRA 153 OCORRÊNCIAS NO CARNATAL 2011

A Polícia Militar registrou 153 ocorrências nos quatro dias de folia do Carnatal 2011 e anunciou o aumento de 23% comparado ao evento realizado em 2010, quando 124 casos foram registrados.

Dentre os principais tipos de ocorrências, as brigas entre foliões tiveram os maiores índices de prisões. O dia considerado de maior trabalho para os 1300 policiais que trabalharam diariamente no evento foi registrado no sábado, com 58 casos. De acordo com o coronel Alarico Azevedo, o aumento do índice está ligado à mudança no formato da festa.

Ele fez questão de destacar a ausência dos 900 metros de corredor da folia, que resultou na maior concentração de foliões nas ruas, principalmente, com o encontro de blocos. Neste caso, o número de policiamento foi concentrado na área considerada de maior fluxo, a Avenida Prudente Morais, por isso, o trabalho foi realizado com maior eficácia.

Segundo o coronel Alarico, apesar do número de ocorrências ter tido um aumento, o contexto pode ser visto de uma maneira positiva pela maior concentração policial que pôde controlar os princípios de confusões. "O Carnatal 2011 em um balanço geral foi considerado tranquilo", resumiu.

A Polícia Militar acredita que 250 mil pessoas (ao dia) participaram do evento. Os policiais militares ainda que conseguiram apreender três revólveres, além de drogas como maconha, loló e crack.

DN ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário