NÃO CONFIEM NAS NOTÍCIAS DIVULGADAS NA IMPRENSA

EU SOU CONTRA A ESTE
TIPO DE MANIPULAÇÃO!
Nesta segunda-feira, 05, foi divulgado pela imprensa que os Policiais e Bombeiros Militares iriam realizar uma greve por tempo indeterminado no Rio Grande do Norte.

Mentira! Pois os policiais ainda não decidiram tomar nenhuma providência pela falta de respeito do governo em relação ao subsídio.

É devido a este tipo de notícia sensacionalistas, que os grandes veículos de comunicação estão perdendo a credibilidade e o respeito para os blogs, pois esta nova ferramenta de comunicação nasce transparente e com compromisso de passar a veracidade dos fatos aos leitores.

A imprensa demonstra mais uma vez ser manipuladora e desrespeitosa para com a sociedade.

Sendo assim, não confiem nas notícias divulgadas na imprensa. Procure outros meios de comunicação que divulgaram o mesmo assunto e façam uma analise dos fatos.

6 comentários:

  1. SE VAI ENTRAR EM GREVE OU NÃO...

    O FATO É QUE O TEMPO URGE E O PROJETO DE SUBSÍDIO AINDA NÃO CHEGOU NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO.

    SE JÁ FOI EXAUSTIVAMENTE DISCUTIDA, ACORDADA E FINALIZADA, NÃO VEJO A RAZÃO DE JÁ NÃO TER DADO ENTRADA NAQUELA CASA.

    ATÉ QUANDO ESPERAR? DA PLEBE RUDE!

    ResponderExcluir
  2. Muito disso se deve à política perversa do poder executivo, que se arvora na premissa de que os Militares não têm direito de greve, impondo-lhes salários que não condizem com a necessidade e complexidade dos serviços prestados, ao passo que o Oficialato, talvez por falta de visão, não se une na busca pela valorização da categoria...O fato é que hoje vemos um quadro onde a Polícia Militar atua como personagem principal e recebe como mero figurante, vide o comparativo salarial entre a PM e as demais categorias da segurança pública...Está na hora dos gestores almejarem conquistas coletivas, não vantagens imediatas e pessoais?

    ResponderExcluir
  3. As associaçoes tem mesmo que tomar uma iniciativa de imediato,pelo que todos estao vendo e caminhando a carroagem não vamos ter qualquer reajuste para proximo ano.
    Esse governo nao tem qualquer respeito para com a categoria.

    ResponderExcluir
  4. CARO SERRA DE SANTANA, VOCÊ JÁ VIU ALGUMA VEZ ALGUÉM A FRENTE DE MOVIMENTOS NÃO PENSAR PRIMEIRO NO INDIVIDUAL, O COLETIVO APENAS APÓS OS MÉRITOS, AS PROMOÇÕES, OU SEJA, AS NEGOCIATAS...

    ESPERO QUE DÊ TUDO ERRADO.

    COVARDIA TEM QUE SER PAGA DESSA FORMA.

    ResponderExcluir
  5. Acompanho os comentários aqqui colocados e quando vejo o "Getúlio", me vem a lembrança deste quando começaram essas manchetes mentirosas e enganadoras de tabelas, subsídios, cabisídios, PEC 300, etc. Esse nosso colega era um dos mais entusiasmados, inclusive chegou a colocar uma oração em seu depoimento agradecendo aos céus e a Governadora.
    Naquele momento eu não me manifestei para não parecer que tava torcendo contra, mas me deu uma dó imensa do nosso crédulo amigo Getúlio, agora não me contive: Getúlio e quem mais quiser ouvir: Governo nenhum no mundo dá nada de mão beijada para trabalhador, e Deus tem que ser citado na hora de pedir forças para lutar e não para agradecer algo que está apenas nas mãos de pessoas sem escrúpulos; sendo assim, quer lembrar ao amigo Getúlio, que eu sou aquele policial que fez uma aposta a um ano atrás com o mesmo na fila de um banco onde eu disse que não sairia um centavo nem deste governo nem do governo federal ( no caso da pec 300 ) se não houvesse um movimento paredista; sendo assim, sei que não vou ter subsidio, nem pec, nem tabelinha de associação, mas quero a grana que foi apostada. Ou será que vc vai fazer igual a D Enrolalba e vai me dar uma "volta", como ela deu em toda a Polícia Militar????

    ResponderExcluir
  6. OK PESSOAL, VAMOS DEIXAR DE HIPOCRISIA, NA PM DO RN A MAIORIA É COVARDE E NÃO TEM CORAGEM DE FAZER COMO NO MARANHÃO; A VERDADE É QUE MUITOS INCITAM E POUCOS SÃO OS QUE FAZEM ALGUMA COISA; NÃO CONFIO EM BANDO DE "FARISEUS HIPÓCRITAS", POIS JÁ SOFRI NA PELE ESSE TIPO DE COVARDIA; AGORA QUERO VER SE VÃO DEIXAR DE SER MENINOS E PASSAR A SER HOMENS DE HONRA, RESPEITO E VALOR.

    ResponderExcluir